oeste do país

Novo incêndio florestal assusta moradores dos EUA

De acordo com o National Interagency Fire Center (NIFC), existem mais de 90 incêndios em sete estados do oeste.

Novo incêndio florestal assusta moradores dos EUA
(Créditos: Mario Tama/Getty Images)

Nesta segunda-feira (12), no estado de Oregon, oeste dos Estados Unidos, um novo grande incêndio florestal estava fora de controle, forçando os moradores a fugir e ameaçando cidades inteiras e milhares de casas.  

Publicidade

Dezenas de incêndios ativos na Califórnia, Idaho, Oregon, Washington e outros estados do oeste consumiram mais de 3.100 quilômetros quadrados, piorando a qualidade do ar e aprofundando os efeitos devastadores de uma seca que dura mais de duas décadas. 

O incêndio de Cedar Creek, a leste da cidade de Eugene, em Oregon, teve um crescimento “extremo” no fim de semana e já consumiu 35.100 hectares, aproximadamente o dobro do tamanho de Washington, capital dos EUA.

Segundo o Uol, mais de 1.200 bombeiros e outros funcionários atuam numa área montanhosa acidentada, grande parte em terras florestais nacionais e de difícil acesso. 

“Eles estão construindo barreiras longe do fogo ativo, ao longo de estradas e trilhas, onde têm a melhor chance de parar o fogo com sucesso”, informou o Grupo Nacional de Coordenação de Incêndios Florestais (NWCG).  

Publicidade

Evacuações foram ordenadas para os condados de Lane e Deschutes, e as florestas nacionais de Deschutes e Willamette foram fechadas. Mais de 2.000 casas estão sob ameaça, disseram as autoridades. 

“A fumaça também criou uma qualidade do ar insalubre para as comunidades a leste do incêndio, incluindo Bend”, disse a NWCG sobre uma fumaça densa que envolve a região.

Um incêndio ainda maior está ativo no noroeste do Oregon, em uma região mais remota. O incêndio Double Creek, detectado pela primeira vez em 30 de agosto, consumiu 155.000 hectares e foi contido em 15%. 

Publicidade

O “Mosquito Fire”, o maior incêndio atualmente na Califórnia, devastou 46.500 hectares nas montanhas de Sierra Nevada e várias pequenas cidades próximas foram evacuadas. 

O site oficial da Agência de Bombeiros da Califórnia disse que, embora uma ligeira queda na temperatura tenha retardado um pouco o progresso do fogo, ventos fortes o empurravam para o norte e nordeste, ameaçando centenas de casas.