5ª operação mais letal

Operação no Complexo do Alemão ganha destaque na imprensa internacional

Os veículos dos Estados Unidos, Espanha, França, Reino Unido, Turquia e Alemanha noticiaram a ação que deixou 18 mortos no Rio de Janeiro.

Operação no Complexo do Alemão ganha destaque na imprensa internacional
Moradores do Complexo do Alemão levando dois corpos para a UPA do Alemão (Crédito: Divulgação/ Redes Sociais)

A ação no Complexo do Alemão, Zona Norte do Rio de Janeiro, que deixou ao menos 18 mortos, ganhou destaque na imprensa internacional. As reportagens informam o número de mortos e mostram imagens de feridos e corpos sendo carregados pela população que vive na região. 

Publicidade

Os jornais como Washington Post, ABC News, dos EUA, BBC de Londres, Deutsche Welle, portal alemão,  agência espanhola EFE, a rede Al Jazeera, do Oriente Médio, e as agências internacionais Reuters e Associated Press, deram destaque para a operação brasileira. 

De acordo com a Associated Press, a equipe do veículo estava presente no local e viu pelo menos 10 corpos sendo carregados em meio ao tiroteio. Além do mais, o jornal relata a insatisfação da população com o governo, por conta da estratégia utilizada para combater a violência. A operação durou mais de 10 horas.

A imprensa internacional utilizou em suas matérias as falas do presidente Jair Bolsonaro e do governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro. Segundo o portal France 24, a ação foi uma “gigantesca operação para frear a política expansionista de gangues locais”. A BBC de Londres relembrou outras operações realizadas no Jacarezinho e na Vila Cruzeiro, que deixaram mais de 20 mortos.

Operação no Complexo do Alemão

A Polícia Militar e a Polícia Civil dizem que não podem comemorar os resultados por conta das mortes que ocorreram durante a operação. Entre os 18 mortos, um era policial militar que participava da ação, já a outra vítima era uma mulher que não tinha relação alguma com o caso, mas acabou sendo acertada por uma bala perdida. 

Publicidade