Vaticano

Papa Francisco nega rumores de que vai renunciar

Pela primeira vez, o pontífice deu detalhes sobre a condição de seu joelho, que o impediu de realizar alguns de seus deveres.

papa-francisco-nega-rumores-de-que-vai-renunciar
Papa Francisco (Créditos: Lisa Maree Williams/Getty Images)

O Papa Francisco negou rumores de que planeja renunciar o cargo em um futuro próximo, afirmando que está a caminho de visitar o Canadá este mês e que espera ir a Moscou e Kiev o mais rápido possível.

Publicidade

A declaração foi feita em entrevista exclusiva à agência Reuters, no Vaticano, no último sábado (2) e o conteúdo foi divulgado nesta segunda-feira (4). Além disso, Francisco também negou rumores de que estaria com câncer, brincando que seus médicos “não disseram nada sobre isso”.

Pela primeira vez, o pontífice deu detalhes sobre a condição de seu joelho, que o impediu de realizar alguns de seus deveres. Francisco conta que sofreu “uma pequena fratura” no joelho quando deu um passo em falso enquanto um ligamento estava inflamado. “Estou bem, estou melhorando lentamente”, disse ele.

Os rumores da possível renúncia surguram na mídia no final de agosto, quando ocorreu uma série de eventos, incluindo reuniões com cardeais do mundo para discutir uma nova constituição do Vaticano, uma cerimônia para empossar novos cardeais e uma visita à cidade italiana de L’Aquila, que poderiam indicar um anúncio de renúncia.

L’Aquila está associada ao Papa Celestino V, que renunciou ao cargo religioso em 1294. “Todas essas coincidências fizeram alguns pensarem que a mesma ‘liturgia’ aconteceria. Mas nunca passou pela minha cabeça. Por enquanto não, por enquanto não. Realmente!”, disse Francisco.

Publicidade

O pontífice repetiu sua posição de que ele poderia renunciar algum dia se a saúde debilitada tornasse impossível dirigir a Igreja. Ao ser questionado se pensava que isso poderia acontecer, ele disse que: “Não sabemos. Deus dirá”.