APÓS CRÍTICAS À UCRÂNIA

Shows de Roger Waters na Polônia são cancelados

Músico publicou carta contra o apoio do Ocidente a Kiev e alegando que Zelenski permite “nacionalismo extremo” em seu país.

(Crédito: Getty Images)

O músico britânico Roger Waters teve dois shows cancelados na Polônia, após comentários do artista contra o apoio ocidental à Ucrânia causarem uma avalanche de críticas.

Publicidade

O co-fundador do Pink Floyd, de 79 anos,  deveria se apresentar na Cracóvia em abril de 2023. Porém, os organizadores do evento anunciaram o cancelamento das apresentações, depois que Waters publicou uma controversa carta aberta em seu site, no início de setembro, para a primeira-dama ucraniana Olena Zelenska.

Na carta, o músico criticou o envio de armas do Ocidente para a Ucrânia para ajudar o país em apuros em sua guerra contra a invasão da Rússia. Ele ainda culpou o presidente Volodimir Zelenski de permitir o “nacionalismo extremo” na Ucrânia, insistindo que a primeira-dama peça ao marido para escolher “uma rota diferente” e “colocar um fim a essa guerra letal”.

Publicidade

Waters acusou esse “nacionalismo extremista” de colocar a Ucrânia no caminho da guerra com a Rússia ao cruzar uma “série de linhas vermelhas” estabelecidas pelo Kremlin.

A Polônia está entre os maiores aliados de Kiev, e o apoio público à causa ucraniana é muito alto. Legisladores locais da Cracóvia pretendiam encaminhar na próxima quarta-feira uma resolução declarando Waters persona non grata na cidade.

Publicidade