Imunizante

UE compra lotes de vacinas contra varíola dos macacos

A varíola dos macacos é uma doença infectocontagiosa. Os primeiros sintomas são parecidos aos da gripe, como calafrios, febre, dor de cabeça e fraqueza no corpo.

UE compra lotes de vacinas contra varíola dos macacos
O nome do imunizante é conhecido como Imvanex na Europa e Jynneos nos Estados Unidos (Crédito: Reprodução/ Canva)

A União Europeia comprou cerca de 110.000 doses de vacinas contra a varíola dos macacos. A Bavarian Nordic assinou um acordo com a comissão da UE nesta terça-feira (14) e fornecerá os imunizantesStella Kyriakides, comissária de saúde da UE, afirmou que as vacinas serão compradas com fundos da União. No entanto, as doses serão entregues proporcionalmente à população, priorizando os Estados em situações mais alarmantes. A empresa informou que as entregas serão feitas imediatamente e serão concluídas nos próximos meses. A Alemanha e a Espanha fizeram seus próprios pedidos de vacinas contra a varíola. 

Publicidade

Apesar da Noruega e Islândia não serem membros da União Europeia, os países irão receber doses também. Foram registrados cerca de 900 casos da doença em 19 países. A vacina produzida pela empresa de biotecnologia dinamarquesa Bavarian Nordic, já foi aprovada contra a varíola dos macacos. O nome do imunizante é conhecido como Imvanex na Europa e Jynneos nos Estados Unidos. 

Sobre a doença 

A varíola dos macacos é uma doença infectocontagiosa. A transmissão ocorre por meio de contato direto com uma pessoa infectada pelo vírus. Os primeiros sintomas são parecidos aos da gripe, como calafrios, febre, dor de cabeça e fraqueza no corpo. Este vírus é encontrado principalmente na África Ocidental e Central, porém outros países de outros continentes estão registrando casos, inclusive o Brasil.  

 

Publicidade