aliança

Xi e Putin querem nova ordem mundial e declaram amizade ‘sem limites’

Além disso, as duas nações apontaram queixas em relação aos Estados Unidos e seus aliados.

xi-e-putin-querem-nova-ordem-mundial-e-declaram-amizade-sem-limites
Vladmir Putin e Xi Jinping (Créditos: Getty Imaes)

Após encontro entre o líder chinês Xi Jinping e o presidente russo Vladimir Putin, foi exposto que uma nova ordem mundial seria melhor para os interesses de suas nações. Em declaração conjunta, ambos os líderes declararam uma amizade “sem limites”.

Publicidade

Além disso, as duas nações apontaram queixas em relação aos Estados Unidos e seus aliados. “O mundo está passando por mudanças importantes”, disseram na declaração conjunta, observando a “transformação da arquitetura de governança global e da ordem mundial”.

Três semanas depois de Putin encontrar com Xi Jinping em Pequim, dias após o término das Olimpíadas de Inverno, ele iniciou a invasão à Ucrânia. Depois de sete meses, a Rússia segue tentando vencer.

Segundo a CNN, Especialistas apontam que a guerra da Rússia contra a Ucrânia serviu para fortalecer a determinação ocidental.

“A China está disposta a dar à Rússia algum apoio tácito politicamente, diplomaticamente e, até certo ponto, economicamente, mas o ponto principal é que não vai sair do seu caminho e prejudicar seus outros objetivos estratégicos para apoio a Rússia”, disse Brian Hart, bolsista do China Power Project no Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais.

Publicidade

“[Pequim e Moscou] disseram repetidamente que não pretendem criar uma aliança formal que os una de maneira que vá contra seus interesses. Isso não funcionou para eles durante a aliança sino-soviética na década de 1950, e acho que eles realmente veem isso como uma lição de história”, disse Hart.