Fale conosco

O que vc está procurando?

Brasil

Eike Batista é condenado a 11 anos de prisão por crimes contra mercado

eike-batista-e-condenado-a-11-anos-de-prisao-por-crimes-contra-mercado

O empresário Eike Batista foi condenado pela 3a Vara Criminal Federal do Rio de Janeiro a uma pena de 11 anos e 8 meses de prisão por crimes contra o mercado de capitais. A juíza Rosália Monteiro Figueira condenou-o ainda a pagar uma multa de R$ 871 milhões pelos crimes de insider trading (uso de informação privilegiada) e de manipulação de mercado.

Eike foi denunciado em 2014 sob a acusação de ter lucrado com a venda de ações de sua empresa OGX, através da ocultação, ao mercado, de informações negativas sobre a companhia.

De acordo com o Ministério Público Federal (MPF), o empresário teria simulado a injeção de até US$ 1 bilhão na OGX para atrair investidores, incorrendo no crime de manipulação de mercado. 

Injeção de dinheiro

A injeção do dinheiro foi anunciada pela empresa, mas, segundo o MPF, o empresário sabia da inviabilidade financeira de ativos importantes da empresa e não tinha real interesse em fazer o aporte.

O MPF também acusou Eike de usar informações privilegiadas para lucrar com a venda de ações em 2013. Segundo o MPF, o empresário teria vendido as ações da OGX em um momento em que ele possuía informações que ainda não tinham sido divulgadas para o mercado.

No processo, a defesa de Eike Batista negou que o empresário tenha feito uso de informações privilegiadas ou que tenha tentado manipular o mercado.

Agência Brasil

Veja também

Brasil

O governador do Distrito Federal (DF), Ibaneis Rocha, foi o convidado do programa Revista Brasil, da Rádio Nacional de Brasília, veículo da Empresa Brasil...

Brasil

Todos os mais de 250 pontos de vacinação na cidade do Rio de Janeiro, incluindo aqueles que funcionam apenas no sistema de drive-thru, estão...

Brasil

O Arquivo Publico do Distrito Federal (ARPDF) organizou um conjunto de cinco exposições virtuais inéditas e inclusivas, chamado de Brasília – uma epopeia de...

Brasil

As crianças do Distrito Federal aprendem desde cedo, em aulas de história e passeios escolares, que os restos mortais de Juscelino Kubitschek estão no...