Fale conosco

O que vc está procurando?

Brasil

Morre o publicitário Duda Mendonça, aos 77 anos

O ex-marqueteiro estava internado desde junho em São Paulo. Ele tratava um câncer no cérebro, quando foi diagnosticado com Covid-19

Morre o publicitário Duda Mendonça, aos 77 anos
Publicitário Duda Mendonça (Crédito: Reprodução/ Instagram)

O publicitário Duda Mendonça morreu, aos 77 anos. Ele tratava um câncer no cérebro, quando foi diagnosticado com Covid-19 e precisou ser intubado.

A informação foi confirmada pela família do publicitário ao G1 nesta segunda-feira (16). Mendonça estava internado no Hospital Sírio-Libanês, na região central da capital paulista, desde junho

O corpo do publicitário Duda Mendonça será cremado, segundo a família.

Duda era ex-marqueteiro do do Partido dos Trabalhadores (PT), e teve o seu trabalho reconhecido após ser o responsável pela campanha eleitoral vitoriosa do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, em 2002.

Com o passar dos anos foi criando uma carreira de sucesso e também participou das campanhas de Paulo Maluf (PP), em São Paulo; Miguel Arraes, em Pernambuco; Ciro Gomes (PDT), no Ceará, e do ex-primeiro-ministro de Portugal, Pedro Santana Lopes.

Escândalo do mensalão

O publicitário foi acusado de receber por serviços ao PT por meio de uma offshore nas Bahamas, no escândalo do mensalão. E em 2005, confessou à CPI dos Correios ter recebido R$ 10,5 milhões pela campanha à eleição de Lula via caixa 2.

Na época, segundo o G1, a defesa do publicitário alegou que ele apena cometeu o crime de sonegação fiscal e que pagou o que devia ao fisco – R$ 4,8 milhões. Além disso, afirmou que o marqueteiro não tinha conhecimento da origem ilícita dos valores recebidos do partido e nunca tentou ocultá-los.

Duda Mendonça chegou a virar réu no processo do mensalão, mas foi absolvido.

Políticos prestam homenagens

Em uma nota publicada em seu site, o ex-presidente Lula (PT), comentou “O seu trabalho na campanha de 2002 já está na história como uma das campanhas mais bonitas e sensíveis da nossa história. Em um momento em que o Brasil sofria com uma crise aguda, racionamento de energia e miséria, Duda Mendonça produziu filmes e mensagens de muita sensibilidade, de que a esperança venceria o medo. Aos seus familiares e amigos, meus sentimentos”.

O ex-ministro José Dirceu, se pronunciou por meio de uma nota: “Um dia de tristeza e dor pela morte meu amigo Duda Mendonça, sempre presente e solidário nos momentos mais duros e difíceis que passamos”. Dirceu definiu Mendonça como um “publicitário genial, criativo, inovador, um dos maiores do nosso Brasil, responsável pela campanha na TV e rádio, que sabia fazer como ninguém, vitoriosa de Lula em 2002, mas principalmente amigo e companheiro”.

O vereador Eduardo Suplicy prestou uma homenagem ao publicitário por meio de suas redes sociais. “Expresso meus sentimentos a esposa, filhos, família e amigos de Duda Mendonça, a quem devemos sempre agradecer pela contribuição ao longo de toda história do Partido dos Trabalhadores, em quase todas campanhas eleitorais importantes para o partido até 2004.”

Mais em Perfil

Últimas Notícias