Fale conosco

O que vc está procurando?

Brasil

‘Touro de Ouro’ é retirado pela B3, no Centro de SP

Estátua violou Lei Cidade Limpa e não tinha autorização da Comissão de Proteção à Paisagem Urbana para ser instalada

'Touro de Ouro' é retirado pela B3, no Centro de SP
(Crédito: Paulo Pinto/Fotos Públicas)

A estátua do “Touro de Ouro”, instalado na semana passada em frente à sede da Bolsa de Valores, no centro de São Paulo, foi retirado na noite desta terça-feira (23).

A Bolsa de Valores brasileira inaugurou a escultura do “Touro Dourado” na última terça-feira (16) —o monumento é uma réplica do Touro de Wall Street, instalação em bronze no distrito financeiro de Nova York (EUA). O projeto foi concebido pela B3 através do economista Pablo Spyer e o artista plástico Rafael Brancatelli. Ela possui três metros de altura e é feito sobre uma estrutura de metal, com fibra de vidro e pintura anticorrosiva.

A remoção da obra ocorreu poucas horas depois da CPPU (Comissão de Proteção à Paisagem Urbana), órgão vinculado à Secretaria de Urbanismo e Licenciamento da prefeitura da capital paulista, concluir que o “Touro de Ouro” é uma peça publicitária, e por não ter obtido a autorização necessária. O placar da votação foi de cinco votos a quatro, com uma abstenção.

Também foi ressaltado que há uma placa na obra com o nome do empresário, e um QR code que aponta para uma página com as redes sociais da B3, de Spyer e do artista plástico Rafael Brancatelli.

O animal foi embalado em plásticos para evitar que fosse danificado na retirada. Não foi divulgado para onde a estátua será levada.

Após a retirada do touro do local, a porta principal da B3 e parte da calçada principal do empreendimento foi “vandalizada”, atingida por tinta vermelha.

Segundo a CPPU, a instalação sem a devida licença infringiu os artigos 39 e 40 da Lei Cidade Limpa. O valor de multa, de acordo com o colegiado, deve ser definido pela Subprefeitura da Sé, que é responsável pela área onde o monumento está instalado.

Além da multa, o órgão decidiu pela remoção da estátua por considerar que ela tem elementos de peça publicitária.

Veja abaixo algumas opiniões divididas sobre a retirada do ”Touro de Ouro”

Chico Alencar

Chico Alencar vereador do estado do Rio de Janeiro, disse:

”A prefeitura de SP determinou, finalmente, a retirada do “touro de ouro” ridículo em frente à Bolsa (B3). A “obra de arte”, promocional e propagandística, foi colocada na via pública sem qualquer respeito às normas municipais. Desperdício de tempo, dinheiro e inteligência.”

Davi Albuquerque

Davi Albuquerque chefe de redação do conexão política, disse:

”São Paulo ainda sofrendo os impactos da pandemia; das mortes por covid-19; dos comércios e indústrias fechados pelo tranca-tranca; da politicagem que tomou conta das liberdades individuais do cidadão. Mas acredite… o problema da cidade é o ‘Touro de Ouro’ da B3. Inacreditável!”

Mais em Perfil

Últimas Notícias