Fale conosco

O que vc está procurando?

Mundo

União Europeia propõe suspender voos do sul da África devido a nova variante do coronavírus

Anúncio foi feito 1 dia após o Reino Unido restringir viagens a 6 países da região

União Europeia propõe suspender voos do sul da África devido a nova variante do coronavírus
Presidente da Comissão Europeia Ursula von der Leyen (Crédito: Leon Neal/Getty Images)

A Comissão Europeia vai propor a União Europeia a suspensão dos voos do sul da África após a detecção de uma nova variante do coronavírus, a presidente do Executivo europeu, Ursula von der Leyen anunciou nesta sexta-feira (26) a decisão, em uma rede social.

A Comissão Europeia proporá, em estreita coordenação com os Estados membros, ativar o freio de emergência para interromper os voos procedentes da região do sul da África devido à variante B.1.1.529“, anunciou von der Leyen, com grande preocupação devido a nova variante do coronavírus.

O anúncio foi feito na manhã desta sexta-feira (26), um dia após o Reino Unido restringir viagens à África do Sul e mais cinco países do continente após a descoberta da nova variante do coronavírus.  Países como a Itália e a Alemanha já proibiram ou planejam vetar a chegada de viajantes da África do Sul, agora resta saber quais países da União Europeia irão aderir o freio de emergência contra a nova variante do coronavírus.

A presidente da Comissão Europeia não revelou quantos países do sul da África seriam afetados pela proposta, que vai ser apresentada aos 27 países membros do bloco da União Europeia.

Os 6 países afetados pela decisão britânica são: África do SulNamíbiaLesotoBotsuanaEswatini Zimbábue. Além destas nações, a Itália restringiu também viagens de Moçambique.

A situação está evoluindo muito rápido, queremos ter garantias máximas para frear a expansão da variante“, afirmou um porta-voz da Comissão Europeia à agência de notícias France Presse.

Ursula von der Leyen

Ursula von der Leyen, presidente da comissão Europeia declarou em seu twitter:

”O @EU_Commission irá propor, em estreita coordenação com os Estados Membros, ativar o freio de emergência para interromper as viagens aéreas da região da África devido à variante de preocupação B.1.1.529.”

E ainda fez um grande apelo a população:

”A vacinação evita mortes. Como uma nova onda está chegando, precisamos intensificar a vacinação. Vamos tomar doses de reforço 6 meses após a vacinação original para manter nossa imunidade alta. Temos doses suficientes. No final desta semana, teremos entregue 1 bilhão de doses aos nossos Estados Membros.”

Mais em Perfil

Últimas Notícias