Justiça Eleitoral já substituiu 401 urnas eletrônicas

Número representa 0,07% do total.

apuracao
Lula e Bolsonaro se enfrentarão no segundo turno (Créditos: Antonio Augusto/ Ascom/ TSE)

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou o primeiro boletim sobre ocorrências com as urnas eletrônicas. Ao todo, na primeira hora e meia de votação, a Justiça Eleitoral precisou substituir 401 equipamentos que apresentaram algum tipo de mau funcionamento.

Publicidade

A substituição de urnas eletrônicas é um procedimento normal a cada eleição e a Justiça Eleitoral já prepara previamente milhares de equipamentos que podem ser colocados em operação de imediato.

Como última opção, caso não seja possível substituir a urna eletrônica por outra, é possível que seja adotada a votação manual, com cédulas de papel. Até o momento, isso não foi necessário em nenhuma seção eleitoral do país, informou o TSE.

Neste ano, pela primeira vez, todas as seções eleitorais do Brasil ficam abertas das 8h às 17h, no horário de Brasília. Nas localidades com outro fuso, o horário é adaptado de acordo com a hora local.

 

Publicidade