campanha eleitoral

Lula diz que segundo turno permitirá mais debate de propostas

Candidato fez reunião de campanha em São Paulo nesta segunda.

lula-diz-que-segundo-turno-permitira-mais-debate-de-propostas
(Créditos: Rovena Rosa/ Agência Brasil)

O candidato a presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se reuniu com a coordenação de campanha da Coligação Brasil da Esperança, em São Paulo (SP), na tarde desta segunda-feira (3), para traçar as estratégias de campanha para o segundo turno das eleições presidenciais, que ocorrem no dia 30.

Publicidade

Lula disse que o segundo turno será um momento de maior debate entre as candidaturas em disputa. “A gente, na verdade, vai aproveitar o segundo turno para fazer o debate que não foi possível fazer no primeiro turno. Até porque no debate da televisão era muita gente e era muito difícil fazer o debate”, disse.

O candidato enfatizou que agora é o momento de buscar o apoio de todas as forças políticas possíveis. “A partir de amanhã, nós já estamos em campanha. Ainda temos que fechar alguns acordos, temos conversar com todas as pessoas nesse país que não votaram conosco no primeiro turno. Agora, a escolha não é ideológica. Nós vamos conversar com todas as forças políticas que tenham voto, representatividade, significância política no país”, disse.

O candidato citou que bandeiras de campanha, como a questão climática e ambiental, a luta contra o desemprego, a regulação do mundo do trabalho, defesa do Sistema Único de Saúde (SUS), aumento do Auxílio Brasil, e políticas para as mulheres e população negra serão reforçadas durante o segundo turno.

Publicidade