BENEFÍCIO AOS GAÚCHOS

Governo deve oferecer ajuda de R$ 5 mil por família desabrigada no RS

Ainda não foi definido o número de pessoas que serão beneficiadas. A expectativa, segundo fontes da Presidência, contudo, é de que perto de 100 mil famílias possam receber o dinheiro, pago em uma parcela única

Ainda não foi definido o número de pessoas que podem ser beneficiadas pelo auxílio. A expectativa, de acordo com fontes da Presidência e da equipe econômica do governo, entretanto, é de que aproximadamente 100 mil famílias possam receber o dinheiro, pago em uma parcela única
Presidente Luiz Inácio Lula da Silva participa de uma reunião ministerial para apresentar novas medidas de auxílio ao RS – Crédito: Joédson Alves/Agência Brasil

O governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) deve anunciar nesta semana o pagamento de ajuda financeira de R$ 5 mil por família desabrigada no Rio Grande do Sul (RS).

Publicidade

Ainda não foi definido o número de pessoas que podem ser beneficiadas pelo auxílio. A expectativa, de acordo com fontes da Presidência e da equipe econômica, entretanto, é de que aproximadamente 100 mil famílias possam receber o dinheiro, pago em uma parcela única.

A medida permitirá, de acordo com integrantes do governo, que as famílias possam comprar materiais de construção, eletrodomésticos e móveis. O anúncio deve acontecer já nos próximos dias.

Governo quer agilidade

Em entrevista à rede CNN nesta segunda-feira (13), o ministro Wellington Dias, do Desenvolvimento Social, disse que haverá uma “folha extra” de pessoas do Rio Grande do Sul entrando no Bolsa Família, com pagamentos ainda em maio.

“Preencheu o requisito? A gente não vai esperar a data de junho”, afirmou Wellington Dias. A ordem, segundo o titular da pasta, é “agilizar” a burocracia.

Publicidade

Em maio, 620 mil famílias recebem o benefício médio de R$ 672,74 no estado do Rio Grande do Sul.

A agenda do presidente Lula para esta terça-feira (14) prevê uma cerimônia em que novas medidas de socorro aos gaúchos serão anunciadas. Porém, fontes palacianas do governo não descartam que o anúncio fique para a visita que o presidente fará ao Rio Grande do Sul nesta quarta-feira (15).

Publicidade

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber grátis o Menu Executivo Perfil Brasil, com todo conteúdo, análises e a cobertura mais completa.

Grátis em sua caixa de entrada. Pode cancelar quando quiser.