judiciário

Rosa Weber é eleita presidente do STF; posse está prevista para setembro

O vice-presidente do Supremo, durante o mandato de Weber, será o ministro Luis Roberto Barroso.

rosa-weber-e-eleita-presidente-do-stf-posse-esta-prevista-para-setembro
Rosa Weber (Créditos: Carlos Moura/SCO/STF)

A ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Rosa Weber, foi eleita nesta quarta-feira (10) para presidir a Corte pelo próximo ano. A eleição é feita entre os próprios ministros do tribunal. A magistrada foi eleita com 10 votos favoráveis e 1 contrário.

Publicidade

Já o vice-presidente do Supremo, durante o mandato de Weber, será o ministro Luis Roberto Barroso. Ambos assumem os cargos em 12 de setembro. A atual gestão tem como presidente Luiz Fux e a própria Rosa com sua vice.

As eleições no Supremo são protocolares. Na prática, o STF adota para a sucessão de seus presidentes um sistema de rodízio baseado no critério de antiguidade. É eleito o ministro mais antigo que ainda não presidiu o STF.

“Essa tradição não ofusca, não inibe, não prejudica o fato de eu estar sensibilizada pelo voto de confiança de vossas excelências. Exercer a chefia do Poder Judiciário, para uma juíza de carreira como eu, que está há 46 anos, é uma honra inexcedível”, afirmou Weber em discurso.

“Em especial nesses tempos tumultuados que nós estamos vivendo, o exercício deste cargo trata-se de um imenso desafio”, declarou a ministra.

Publicidade

“Vou procurar desempenhá-lo com toda serenidade e com a certeza do apoio de vossas excelências, que para mim será fundamental. E sempre na defesa da integridade e na soberania da Constituição e do regime democrático”, disse.

Publicidade