Idosa com coração do lado direito faz cirurgia

O coração do lado direito pode causar alterações no órgão como no caso das válvulas

idosa-com-coracao-do-lado-direito-faz-cirurgia
O procedimento é realizado de forma minimamente invasiva (Crédito: Canva)

Uma mulher que nasceu com o coração do lado direito passou por uma cirurgia inédita de no Brasil. Nesta quinta-feira (16), durante o Correspondente Médico na CNN, o neurocirurgião Fernando Gomes falou sobre a cirurgia de reparo das válvulas cardíacas, realizada em uma idosa de 87 anos.

Publicidade

A paciente nasceu com o coração do lado direito do peito e precisou fazer uma intervenção cirúrgica. O médico cardiologista Vinicius Esteves, responsável pelo procedimento disse que a intervenção e pouco invasiva. Em entrevista à CNN, ele relatou “O procedimento é realizado de forma minimamente invasiva, através de um pequeno furo na virilha… tudo é monitorizado, é por ecocardiografia tridimensional, com anestesia geral e uma equipe multidisciplinar acompanhando”.

Segundo Fernando Gomes, menos de 1% da população possui dextrocardia, que é o caso de quando o coração ocupa o lado direito do peito. Ele ainda mencionou que a medicina avança para identificação dos casos de dextrocardia e de uma cirurgia que não seja preciso abrir a caixa torácica. Gomes, ainda explicou que o problema quando o coração está do lado direito são as alterações no órgão, como no caso das válvulas.

As válvulas são responsáveis pelo fluxo unidirecional do sangue que a cada movimento cardíaco, o sangue é impulsionado em uma direção. Caso as válvulas apresentem problemas, o sangue pode ficar parado ou até mesmo retornar e isso faz com que o coração entre um processo de insuficiência. A incapacidade das válvulas de abrirem e fecharem podem ocasionar o acúmulo de sangue que pode gerar várias outras complicações.