O Que Pensa O Brasileiro

Pesquisa revela que a maioria das pessoas acha o Agronegócio positivo

Levantamento aponta ainda que, no total da amostra, no extremo oposto, 22% indicam que boicotariam o setor.

Pesquisa revela que a maioria das pessoas acha o Agronegócio positivo
(Créditos: Marcos del Mazo/Getty Images)

Pesquisa inédita intitulada “Percepções Sobre o Agro. O Que Pensa O Brasileiro”, idealizada pelo Movimento Todos a Uma Só Voz, mostrou que 7 em cada 10 pessoas têm uma percepção positiva em relação ao Agronegócio. O recorte do levantamento foi divulgado hoje pela manhã, dia 14 de setembro, durante o 14º Congresso de Marketing do Agro ABMRA, pelo Coordenador Geral da Pesquisa, Paulo Rovai.

Publicidade

O levantamento entrevistou 4.215 pessoas distribuídas por todas as regiões do Brasil, diversas faixas etárias e diferentes classes sociais. Neste total da amostra, a maioria (65%) declarou ter uma atitude positiva em relação ao Agronegócio. No extremo oposto, 22% indicaram que boicotariam o setor, enquanto 43% seriam neutros.

Publicidade

Para Rovai, quem já trabalhou (84%) ou tem parentes que trabalham no Agronegócio (80%) tendem a avaliar o setor de maneira mais positiva. Por outro lado, a faixa etária de 30 a 59 anos tendeu a ser mais crítica que o total da amostra em aspectos ambientais. “Para esta faixa etária, o Agro é mais descrito como responsável por impactos ambientais e má utilização de recursos hídricos”, apontou o coordenador.

Para ele, esses recortes são importantes porque vão ao encontro dos objetivos da pesquisa, que pretende identificar o que o brasileiro pensa sobre o Agronegócio para que os resultados norteiem um plano de comunicação entre o setor e a sociedade urbana.

“Com rigor científico, metodologia e base teórica sólida, a pesquisa tem a intenção de trazer à tona a mais próxima percepção que o brasileiro tem sobre o setor a fim de contribuir para o posicionamento dos diversos segmentos e atividades que o compõem para fortalecer a marca Agro no Brasil”, explicou Rovai.

Publicidade

Durante o Congresso, os resultados da pesquisa foram apresentados de forma resumida. A divulgação mais aprofundada será realizada no dia 28 de setembro, às 10h, na Fundação Dom Cabral (FDC), com transmissão por meio do canal no YouTube do Movimento Todos a Uma Só Voz.

“O conhecimento é a base de tudo. Pesquisas como essa nos aproximam dos stakeholders e nos abrem caminhos para o desenvolvimento”, afirmou o Coordenador da Academia Global do Agronegócio da FDC, Marcelo Brito.

Pesquisa
As perguntas da pesquisa foram aplicadas em uma amostra nacional, com 4.215 entrevistas, para representar todos os estratos e perfis da sociedade brasileira, e realizada pela Brasil Panels – considerado o maior painel digital do País, com mais de 2 milhões de pessoas cadastradas e ativas.

Publicidade

Essa amostra seguiu as cotas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para gênero, idade, classe social (por faixa de renda familiar) e regiões geográficas.

No total, a pesquisa contemplou entrevista com mulheres (52%) e homens (48%) com pessoas entre 15 a 29 anos (30%); 30 a 59 anos (52%) e mais de 60 anos (18%), divididas nas classes A (1%), B (11%), C (39%) e D/E (49%) nas Sudeste (42%), Nordeste (26%), Sul (14%), Norte (9%) e Centro-Oeste (9%).

Sobre o Todos a Uma Só Voz

Publicidade

Lançado oficialmente em fevereiro de 2021, conta com a ajuda de diversas associações, empresas e profissionais que trabalham unidos em prol de gerar e disseminar conhecimentos de boa qualidade e estimular a empatia da população urbana pelo campo e pelos produtores e produtoras.

O Movimento tem o apoio institucional da ESALQ/USP, Fundação Dom Cabral, ABAG, ABAGRP, ABCC, ABIARROZ, ABIEC, ABISOLO, ABITRIGO, ABMRA, ABPA, ABRAFRUTAS, ABRALEITE, ABRASEL, AGRITECH – UFLA, AGROLIGADAS, AGROLINE, AGRORESET, AIPC, Ama Brasil, ANDA, ANDAV, APROSOJA-RO, ASBRAM, Capitalismo Consciente, CECAFÉ, CESB, Cia De Estágio, CICARNE, Congresso Das Mulheres, CROPLIFE, De Olho No Material Escolar, FENEP, IBA, IBRAHORT, Liga Do Agro, Mulheres Do Brasil – Comitê Agronegócios, PECEGE, SAE Brasil, SINDAN, Sindirações, Sistema OCB, SNA, YAMI 2022. Conta com o apoio comercial das empresas Attuale Comunicação, Coelho&Morello, Companhia de Estágios, Lamarca, RCom Eventos, RV Mondel, TrahLahLah.

Para saber mais, acesse: http://www.todosaumasovoz.com.br