Doria renuncia ao governo de SP e diz que mantém a pré-candidatura à presidência

Durante seu discurso no Palácio dos Bandeirantes, Doria disse que será candidato á presidência da República

Doria renuncia ao governo de SP e diz que mantém a pré-candidatura à presidência
João Doria (Crédito: Aaron Davidson/Getty Images)

João Doria (PSDB), renunciou ao cargo de governador de São Paulo e manteve a sua pré-candidatura à Presidência da República. As informações forma anunciadas, nesta quinta-feira (31), durante um evento no Palácio dos Bandeirantes. Com a renúncia de Doria, o vice-governador, Rodrigo Garcia (PSDB), assumirá o cargo a partir do dia 2 de abril.

Publicidade

Doria afirmou que será candidato a Presidência da República e disse que quer mostrar que é possível ter uma alternativa para o Brasil. “Sim, serei candidato à Presidência da República pelo PSDB. Nosso partido. O partido da social democracia brasileira.” O ex-governador também disse que vamos vencer o populismo, a maldade, a adversidade e corrução. “E juntos, todos nós, vamos ter um novo Brasil. Viva a nossa pátria”.

Nesta quinta-feira (31), alguns haviam rumores de que Doria poderia desistir da candidatar a presidente da República. Doria foi o vencedor das prévias do PSDB, realizadas em novembro do ano passado. Eduardo Leite adversário de João Doria nas pesquisas, também  anunciou a renúncia ao governo estadual.

Doria que irá manter sua pré-candidatura à presidência, compartilhou no Instagram um pouco do seu discurso no Palácio dos Bandeirantes.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por João Doria (@jdoriajr)

Publicidade

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por João Doria (@jdoriajr)

Publicidade