INSS tem fila com cerca de 1,8 milhão de pedidos de concessão de benefício parados

Mais de um terço do total de requerimentos que estão aguardando resposta do INSS é referente ao amparo à pessoa com deficiência

INSS tem fila com cerca de 1,8 milhão de pedidos de concessão de benefício parados
O número de 1,8 milhão de pedidos em estoque só englobam aqueles pedidos que estão na fase de reconhecimento inicial do benefício (Crédito: Reprodução/ Agência Senado)

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) continua com mais de 1,8 milhão de pedidos de concessão de benefícios em estoque. Segundo dados obtidos pelo Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário (IBDP), são 1.838.459 pedidos aguardando resposta.

Publicidade

Com os últimos dados de requerimentos em estoque a análise é de que, em todo este ano, praticamente não houve redução na fila no INSS. Em abril, eram 1.833.815 e, em julho, 1.844.820. Além disso, houve aumento se comparado com 2020, quando havia cerca de 1,5 milhão de pedidos na fila.

A presidente do Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário (IBDP), Adriane Bramante, em entrevista ao portal g1, declarou que a estagnação da quantidade de pedidos se deve, principalmente, à falta de servidores públicos.

“Não houve aumento do número de processos desde junho de 2021 e, por mais esforço que a equipe atual faça, sem o aumento do número de servidores qualificados ficará difícil diminuir esse estoque”, diz a advogada.

O número de 1,8 milhão de pedidos em estoque só englobam aqueles pedidos que estão na fase de reconhecimento inicial do benefício. Fora dessa quantia, existem pessoas na fila do INSS com pedidos como o de revisão ou em processo judicial.

Publicidade

O vice-presidente do IBDP, Diego Cherulli, também em conversa com o g1, ressaltou que sempre haverá pedidos em estoque no INSS, uma vez que é um órgão que lida com milhões de pessoas todos os meses.

“Mas a estabilidade é muito preocupante, porque sem concurso público para contratação de novos servidores, as atuais medidas não têm sido suficientes”, afirma o vice-presidente do IBDP.

Mais de um terço do total de requerimentos que estão aguardando resposta do INSS é referente ao amparo à pessoa com deficiência. São mais de 630 mil casos de pedido de concessão.

Publicidade