Concorrência Desleal

Investigação contra Google é arquivada

Uma empresa de avaliação de estabelecimentos acusava a big tech de prejudicar os seus negócios utilizando seu poder de mercado.

Investigação contra Google é arquivada
A big tech era acusada de direcionar pesquisas nas redes (Crédito: Sean Gallup/Getty Images)

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) arquivou nesta sexta-feira (23) um processo contra o Google. A empresa Yelp, que oferece serviços de localização e avaliação de estabelecimentos, abriu o processo acusando o Google de redirecionar o tráfego de busca dos consumidores para empresas parceiras da big tech.

Publicidade

O Cade é responsável por investigar práticas anticoncorrenciais no Brasil e entendeu que não ficou comprovada nenhuma irregularidade praticada pelo Google.

“Decido pelo arquivamento do presente feito pela insubsistência dos indícios de infração à ordem econômica, nos termos do art. 13, IV, da Lei nº 12.529/2011. Ao Setor Processual”, assinou o superintendente-geral do Cade, Alexandre Barreto de Souza.

A Yelp afirmava que os resultados do Google exibiam informações que prejudicavam o serviço da empresa. A big tech divulgava resenhas, endereços, números de telefone e mapas de restaurantes, lojas e hotéis que também eram fornecidos pela Yelp. O resultado desta “interferência” seria a redução da visibilidade da Yelp no resultado de busca orgânica do Google, resultando numa diminuição de tráfego e, consequentemente, numa queda na receita do comparador de preços.

Outro processo arquivado foi uma denúncia da Microsoft, que acusava o Google de dificultar para que as empresas anunciassem em outros mecanismos de busca, como o Bing.

Publicidade

 

 

Publicidade