Eletrobras

Julgamento de capitalização da Eletrobras é adiado por 20 dias

A ministra presidente do TCU, Ana Arraes terminou o julgamento desta quarta-feira (20), autorizando o prazo de vista por 20 dias.

julgamento-de-capitalizacao-da-eletrobras-e-adiado-por-20-dias
TCU (Tribunal de Contas da União) (Crédito: Reprodução / Banco de Imagens TCU )

O ministro do TCU (Tribunal de Contas da União) Vital do Rêgo, pediu vista do processo de capitalização da Eletrobras por 60 dias que foi adiado para 20 dias. Nesta quarta-feira (20), foi dado início o julgamento do processo sobre a estatal e durante o voto de Vital do Rêgo ele relatou que precisaria de mais tempo para conversar com as  autoridades. “Eu tive duas horas para avaliar esse trabalho e trouxe quatro situações que precisam ser aprofundadas.”

Publicidade

O ministro Jorge Oliveira chegou a pedir que o ministro do TCU, voltasse atrás no pedido de vista. Segundo a CNN, Oliveira pediu para que fosse adiado por 7 dias. “Reiterando meu posicionamento de reconsideração para que se abra mão do pedido de vista, se ele for mantido faço pedido simultâneo para que seja deliberado pelo plenário se podemos adiar por 7 dias.” 

Além de Oliveira, os ministros Walton Alencar Rodrigues, Benjamin Zymler e Bruno Dantas também concordaram que a vista poderia ser reduzida. Dessa forma, o ministro Vital do Rêgo mesmo reforçando que precisaria dos 60 dias, aceitou reduzir para 20 dias. A ministra presidente do TCU, Ana Arraes terminou o julgamento desta quarta-feira (20), autorizando que o julgamento de capitalização da Eletrobras fosse adiado por 20 dias.

 

 

Publicidade