Foragido

Justiça decreta prisão de terceiro suspeito por envolvimento nas mortes de Bruno e Dom no Vale do Javari

Além de Jeferson, a PF investiga mais 4 indivíduos que poderiam ter participado das mortes. 

mpf-denuncia-tres-por-assassinatos-de-bruno-pereira-e-dom-phillips
Dom Phillips e Bruno Pereira (Crédito: Reprodução/ The Guardian)

A Justiça do Amazonas expediu um mandado de prisão para o terceiro suspeito de participar das mortes do indigenista Bruno Pereira e Dom Phillips no Vale do Javari. Jeferson da Silva Lima, conhecido como “Pelado da Dinha”, é apontado pela Polícia Federal (PF) como mais um participante do crime.

Publicidade

A PF, segundo nota divulgada na noite desta sexta-feira (17), classifica “Pelado da Dinha” como foragido. Além de Jeferson, a PF investiga mais 4 indivíduos que poderiam ter participado das mortes.

A Polícia Civil do Amazonas, juntamente com a PF, segue as buscas para encontrá-lo. As polícias solicitam o apoio da população para reunir informações que levem até o paradeiro de Jeferson. O número de suspeitos pode variar no decorrer das investigações.

“O Comitê de Crise coordenado pela Polícia Federal do Amazonas, informa a existência de mandado de prisão expedido pela Justiça Estadual de Atalaia do Norte em desfavor de Jeferson da Silva Lima, vulgo ‘Pelado da Dinha’, não localizado até o momento. A PF e a PC [Polícia Civil] continuam envidando esforços na localização e prisão do elemento foragido. Solicita, ainda, àquele que tiver alguma informação que venha contribuir com as buscas, que comuniquem as autoridades imediatamente”, é o que diz a nota da PF na íntegra.

Além deste terceiro suspeito foragido, a Justiça do Amazonas mantém a prisão dos irmãos Amarildo da Costa Oliveira, o “Pelado”, e de Oseney da Costa de Oliveira, o “Dos Santos”.

Publicidade