Menina de 4 anos é atingida por espingarda de pressão

O acidente aconteceu enquanto a menina brincava com a irmã de 10 anos que disparou a arma

menina-de-4-anos-e-atingida-por-espingarda-de-pressao
A criança de 4 anos precisou passar por uma cirurgia (Crédito: U.S. Navy via Getty Images)

Uma menina de 4 anos foi atingida por uma espingarda de pressão, após a irmã de 10 anos disparar a arma, em Piúma, Espírito Santo. O acidente aconteceu, na manhã desse domingo (16), enquanto as irmãs brincavam na sala. Segundo a Polícia Militar, os moradores escutaram um tiro e em seguida o pai da criança pedindo ajuda.

Publicidade

A menina que estava bem machucada, foi levada para o Hospital Municipal Nossa Senhora da Conceição em estado grave e chegou a ser entubada. Em seguida, a criança foi transferida de helicóptero para o Hospital Infantil de Vitória e precisou passar por uma cirurgia. A bala atingiu a região temporal do lado direito da cabeça e continua alojada na cabeça da menina.

De acordo com a Polícia Militar, o pai das meninas contou que havia comprado a arma de pressão, calibre 5.5 para praticar tiro ao alvo, e ao deixar as irmãs brincando na sala, por um descuido, elas pegaram a arma até que ele escutou o tiro. O homem relatou ter encontrado a filha mais velha de 10 anos assustada com a arma nas mãos, enquanto a menina de 4 anos estava caída no chão, após ter sido atingida pela espingarda de pressão.

Segundo o delegado, David Gomes que atendeu a ocorrência, o pai das meninas foi afastado do estado de flagrante, pois prestou socorro e compareceu a autoridade policial por livre vontade, sem ser preciso que ninguém acionasse a polícia. O delegado também explicou que a espingarda de pressão não é considerada arma de fogo, por isso não precisa de registro na Polícia Federal.

Publicidade