Presidente da Petrobras descarta pedir demissão

No Planalto a esperança é que Bolsonaro troque Silva e Luna por outro integrante em abril

presidente-da-petrobras-descarta-pedir-demissao
Presidente da Petrobras, Joaquim Silva e Luna (Crédito: Reprodução / Twitter @Hedilbe491368)

Nesta terça-feira (15), o presidente da Petrobras, Joaquim Silva e Luna, em entrevista ao blog da Andrea Sadi, descartou que pedirá demissão do cargo. “Jamais farei isso. Tenho formação militar, a gente morre junto na batalha e não deixa a tropa sozinha. Agora, minha indicação é do presidente da República, com quem tenho uma relação de lealdade e de confiança”

Publicidade

Desde reajustes dos preços dos combustíveis realizados pela Petrobras na semana passada, o presidente Jair Bolsonaro faz críticas à gestão e aos lucros da estatal e lamenta não ser avisado do reajuste, chegando a se referir à administração da Petrobras como “Petrobras Futebol Clube”.

O presidente Jair Bolsonaro, não está satisfeito com os reajustes feito pela petroleira, principalmente em um ano de campanha eleitoral. No Planalto a esperança é que Bolsonaro troque Silva e Luna por outro integrante em abril. Pelo estatuto da Petrobras, o presidente da estatal pode ser demitido a qualquer momento.

*Este texto contém informações retiradas do G1.

Publicidade