Assassinato de petista

Responsável pela morte de petista ganha alta da UTI

Jorge Guaranho foi indiciado por homicídio qualificado e por colocar outras pessoas em risco.

Responsável pela morte de petista ganha alta da UTI
Marcelo Arruda foi morto a tiros por policial bolsonarista (Crédito: Reprodução/Instagram)

O policial bolsonarista, Jorge José da Rocha Guaranho, responsável pela morte do petista Marcelo Arruda, ganhou alta da UTI do do Hospital Ministro Cavalcanti, nesta terça-feira (19), em Foz do Iguaçu (PR). De acordo com as informações divulgadas pela uol, Guaranho está consciente em um leito na enfermaria da unidade.

Publicidade

Jorge Guaranho foi indiciado por homicídio qualificado por motivo torpe e por colocar outras pessoas em risco. No dia 9 de julho, o guarda Municipal Marcelo Arruda estava comemorando seu aniversário de 50 anos com uma festa temática do PT, quando o policial bolsonarista invadiu a festa e começou a discutir com o aniversariante. No entanto, após abrir fogo, Guaranho também foi baleado pela vítima, que faleceu no hospital.

Ainda de acordo com as informações do uol, fontes ligadas à unidade de saúde confirmaram que o policial está internado na enfermaria. O Hospital Costa Cavalcanti, onde o Guaranho está sendo cuidado, informou que não tem autorização para divulgar o quadro dos pacientes. Por enquanto, a defesa do apoiador de Bolsonaro ainda não se manifestou. 

No entanto, o Ministério Público do Paraná avisou que oferecerá a denúncia à Justiça nesta quarta-feira (20) e pretende fazer uma entrevista para “esclarecer fatos relacionados à investigação”. O promotor de Justiça Tiago Lisboa Mendonça, um dos responsáveis pelo caso, havia decretado a prisão de Guaranho, afirmando quemesmo na atual condição dele, ele teve a prisão decretada, e está em escolta da polícia militar e tão logo se reestabeleça, será ouvido. Uma audiência de custódia será realizada assim que ele estiver em condições e será ouvido no próprio processo penal”.

 

Publicidade