Tribunal de Justiça de Roraima

Servidor público de RR processa Gusttavo Lima e pede por indenização

A defesa do servidor alega que seu número de telefone foi inserido indevidamente na música interpretada por Gusttavo Lima e cita que a situação “não se trata apenas de um mero aborrecimento”.

servidor-publico-de-rr-processa-gusttavo-lima-e-pede-por-indenizacao
Gusttavo Lima (Créditos: Reprodução/ Redes Sociais)

Um servidor público de Roraima processa o cantor Gusttavo Lima por ter seu número de telefone citado em uma música do artista. Ele afirma receber diversas mensagens, sobretudo nos fins de semana, com trechos da canção “Bloqueado” e que já recebeu até mesmo conteúdo pornográfico por mensagem.

Publicidade

O homem, de 49 anos, recorreu à Justiça pedindo uma indenização de R$ 48,4 mil por danos morais. A música, no entanto, não cita o DDD de nenhuma região do país, código necessário para validar o número. Na canção, Gusttavo Lima diz uma sequência numérica que coincidiu com o contato do servidor de Roraima.

Em “Bloqueado”, o cantor narra a história de um homem apaixonado que tenta contato com um antigo amor, mas se lembra que foi bloqueado. No refrão da composição o número de telefone é citado.

De acordo com o portal g1, o servidor público relata que tem o número descrito na música há mais de 10 anos. Dessa forma, considera injusto ter que se desfazer do contato após tanto tempo. Segundo ele, a maioria das mensagens são enviadas durante a madrugada e se intensificam de quinta-feira à domingo. Ele afirma que também recebe diversas ligações mencionando o trecho da canção.

A ação movida contra o artista tramita no 1º Juizado Especial Cível, no Tribunal de Justiça de Roraima. A defesa do servidor alega que o número de telefone foi inserido indevidamente na música interpretada por Gusttavo Lima e cita que a situação “não se trata apenas de um mero aborrecimento”. Uma audiência de conciliação entre as partes foi agendada para 12 de julho e deve ocorrer por videoconferência.

Publicidade

Publicidade