Conflito Rússia x Ucrânia

Alemanha promete financiar armamento para Ucrânia

O chanceler alemão, Olaf Scholz, reiterou que não enviará armamento pesado para a Ucrânia

alemanha-promete-financiar-armamento-para-ucrania
O chanceler federal da Alemanha, Olaf Scholz (Crédito: Clemens Bilan – Pool/Getty Images)

O chanceler da Alemanha, Olaf Scholz, afirmou nesta terça-feira (19) que irá financiar armamento para a Ucrânia, mas descartou a entrega de artilharia pesada, como tanques de guerra. O anuncio foi feito durante videoconferência com diversos lideres ocidentais, incluindo o presidente dos EUA, Joe Biden.

Publicidade

O chanceler vem sofrendo forte pressão da oposição e de seus próprios parceiros na coalizão governista para entregar armamentos pesados para as forças ucranianas. Entretanto, Olaf disse que a Alemanha e seus aliados veem mais sentido enviar sistemas que já são utilizados na Ucrânia, como alguns armamentos da era soviética que os países da Otan ainda possuem.

O líder alemão também reforçou que é essencial evitar que o conflito na Ucrânia se espalhe para outros países, motivo pelo qual, “a Otan não irá e não poderá interferir diretamente na guerra”. “Vamos todos continuar a ajudar a Ucrânia financeiramente, e também, militarmente”, afirmou Scholz.

“Pedimos à indústria alemã de armamentos que nos informe qual tipo de material pode ser enviado no futuro próximo”, disse o chanceler. Entre os itens a serem fornecidos ou adquiridos estariam armamentos antitanques, equipamentos de defesa antiaérea, munições e outros que possam ser utilizados em combates de artilharia.

Em seu twitter, Scholz atacou o presidente russo, Vladmir Putin, e classificou a guerra promovida pela Rússia como ”brutal”. A raiva por Putin e sua guerra brutal contra o povo da Ucrânia está crescendo a cada dia. Mas também encontramos novas maneiras de apoiar a Ucrânia todos os dias, financeiramente e com armas. E concordamos com nossos parceiros: essa guerra não deve se espalhar”, escreveu o líder alemão.

Publicidade

Publicidade