Ataque a tiros

Ataque em um shopping center nos EUA deixa três mortos

De acordo com o chefe de polícia de Greenwood, Jim Ison, um homem, de 22 anos, que frequentava o shopping, portava legalmente uma arma e conseguiu deter o atirador.

Ataque em uma praça de alimentação nos EUA deixa três mortos
Um atirador invadiu uma praça de alimentação de um shopping center na região de Indianápolis (Crédito: Reprodução/ CNN)

Um ataque na praça de alimentação de um shopping center na região de Indianápolis nos EUA, por um atirador, deixou três pessoas mortas, neste domingo (17). O Indianapolis Star informou que duas outras pessoas ficaram feridas no ataque

Publicidade

Segundo o chefe de polícia de Greenwood, Jim Ison, um homem, de 22 anos, que frequentava o shopping, portava legalmente uma arma e conseguiu deter o atirador.  “O verdadeiro herói é o cidadão que portava legalmente uma arma de fogo naquela praça de alimentação e conseguiu parar o atirador assim que começou”, afirmou Ison. 

O atirador responsável pelo o ataque carregava um fuzil e vários pentes de munição, além do mais, ele estava sozinho. Não divulgaram o nome do transeunte e nem os das vítimas. Uma série de massacres com armas nos Estados Unidos vem acontecendo desde maio deste ano e estão preocupando a população. Os ataques em uma mercearia de Nova York, depois uma escola do Texas e em um desfile do Dia da Independência de Illinois deram uma outra voz para o debate acirrado nos EUA sobre as regulamentações de armas.

Foi divulgado nesta sexta-feira (15) que o Comitê Judiciário da Câmara dos EUA irá adotar uma proposta de legislação ainda esta semana para banir certas armas de assalto. Porém, não há previsão de aprovação no Senado. 

Publicidade