Repercussão mundial

Bolsonaro decreta luto oficial de três dias e autoridades do mundo lamentam morte de Shinzo Abe

Shinzo Abe morreu nesta sexta-feira, após ser baleado enquanto fazia um discurso na cidade de Nara, no oeste do Japão.

bolsonaro-decreta-luto-oficial-de-tres-dias-apos-morte-de-shinzo-abe-e-autoridades-do-mundo-lamentam
Shinzo Abe (Créditos: Kim Kyung-Hoon – Pool/Getty Images)

O presidente Jair Bolsonaro (PL) decretou luto oficial de três dias nesta sexta-feira (08) pela morte de Shinzo Abe, ex-primeiro-ministro japonês. Por meio das redes sociais, Bolsonaro lamentou a morte do ex-líder.

Publicidade

Shinzo Abe morreu nesta sexta-feira, após ser baleado enquanto fazia um discurso na cidade de Nara, no oeste do Japão. Um suspeito de cometer o crime, um homem de 41 anos foi detido. Ele confessou o crime e  disse que odeia um certo grupo, ao qual ele achava que Abe estava ligado. Além disso, os policiais locais confirmaram que a arma utilizada no crime era caseira. A polícia também confirmou que ele serviu na Marinha do Japão.

“Como sinal de nosso respeito ao povo japonês, de reconhecimento pela amizade de Shinzo Abe com Brasil e de solidariedade diante de uma crueldade injustificável, decretei luto oficial em todo o país durante 3 dias. Que seu assassinato seja punido com rigor. Estamos com o Japão”, escreveu Bolsonaro. “Estendo à família de Abe, bem como aos nossos irmãos japoneses, a minha solidariedade e o desejo de que Deus cuide de suas almas neste momento de dor”, completou o presidente.

Repercussão mundial

Líderes mundiais se manifestaram sobre a morte de Shinzo Abe nesta sexta-feira (8). Antony Blinken, secretário de Estado dos Estados Unidos chamou o assassinato de Abe de “chocante” e “profundamente perturbador” e o descreveu como um líder de grande visão.

Boris Johnson, primeiro-ministro interino do Reino Unido declarou que “Notícia incrivelmente triste sobre Shinzo Abe. Sua liderança global em tempos desconhecidos será lembrada por muitos. Meus pensamentos estão com sua família, amigos e o povo japonês”“O Reino Unido está com você neste momento sombrio e triste”, acrescentou Johnson.

Publicidade

Emmanuel Macron, presidente da França, também utilizou as redes sociais para se manifestar. “Em nome do povo francês, envio minhas condolências às autoridades e ao povo japonês após o assassinato de Shinzo Abe. O Japão está perdendo um grande primeiro-ministro, que dedicou sua vida ao seu país e trabalhou para trazer equilíbrio ao mundo”, declarou o líder francês.

Publicidade

O premiê alemão, Olaf Scholz, declarou que “O assassinato de Shinzo Abe me deixa chocado e profundamente triste. Minhas mais profundas condolências vão para sua família, meu colega Fumio @kishida230 e nossos amigos japoneses. Estamos ao lado do Japão nestas horas difíceis”.