Tiroteio nos EUA

Criança de dois anos é encontrada sozinha após pais morrerem em tiroteio nos EUA

Garoto está sob cuidado dos avós maternos.

Policias parados em frente à cena do massacre do dia da independência nos EUA
Massacre deixou 8 pessoas mortas. Uma ainda não foi identificada (Créditos: Jim Vondruska/Getty Images)
Uma criança de dois anos foi encontrada sozinha após o tiroteio nesta segunda-feira (4) durante o desfile do Dia da Independencia, na cidade de Highland Park, Illinois. Os pais do garoto, identificados como Kevin McCarthy e Irina McCarthy, estão entre as sete vítimas do massacre.
A criança foi encontrada vagando sozinha e ensaguentada pelo local do massacre. Greg e Dana Ring tentaram ajudar o garoto à encontrar sua família, mas o cenário que acharam foi descrito como uma “carnificina“. Após as buscas falhas pelos pais da criança, Greg e Dana ajudaram a cuidar do menino junto com Irina Colon até ele ser encaminhado para os cuidados dos avós maternos. Colon criou uma vaquinha no site GoFoundMe para ajudar a dar suporte para a família e para o futuro da criança, a arrecadação já conta com U$ 2.000.000.

Publicidade

Publicidade
Em entrevista à CBS, o casal que encontrou a criança sozinha após o tiroteio disse que o garoto estava acompanhado de um desconhecido que parecia estar em estado de choque. ”Nós pegamos o garotinho e coloquei ele em meus braços”, contou.
Joe Nolan, chefe de Kevin na Jaguar Gene Therapy, contou para a emissora NBS que Kevin “era um pai muito orgulhoso e um marido muito dedicado à sua família“. Já Irina McCarthy foi descrita como uma pessoa alegre, amigável e “meio moleque” por uma amiga à agência Associated Press.
No total, o ataque orquestrado por Robert Crimo deixou 8 mortos. Ele já foi preso pela polícia dos Estados Unidos, que trabalha agora para entender  motivação do crime.