Maior Economia Europeia

Inflação pode chegar a 7,5% na Alemanha

O maior causador do aumento é o preço da energia que, em grande parte, vem da Rússia.

Inflação pode chegar a 7,5% na Alemanha
O conflito entre Rússia e Ucrânia pode ser considerado um grande vilão para a inflação no continente europeu (Crédito: Sean Gallup/Getty Images)

O Departamento Federal de Estatística da Alemanha (Destatis) divulgou uma prévia da inflação para o país no mês de julho, 7,5%. Em comparação com o mês de junho, a alta foi de 0,9%. O resultado final da inflação de julho será divulgado em agosto.

Publicidade

O maior causador do aumento da inflação na Alemanha é o preço da energia. O conflito entre Rússia e Ucrânia, e as sanções aplicadas pela União Europeia, diminuíram a oferta energética para a Europa e, consequentemente, também para a Alemanha.

De acordo com o Destatis, o preço da energia subiu 35,7% em relação ao mês de julho de 2021. A Gazprom, empresa estatal de gás russo, interrompeu o fornecimento do combustível para a Alemanha no dia 11 de julho, por conta de uma manutenção já programada. O fornecimento foi restabelecido no dia 21 de julho.

Com medo das consequências, a União Europeia discute alguns planos para reduzir o consumo de gás que vem da Rússia. Na última terça (26), o bloco chegou a um acordo e pretende reduzir em 15% o uso de gás russo nos próximos meses.

 

Publicidade