REPRESSÃO

Jornalista leva multa na Rússia por se manifestar contra a guerra na Ucrânia

Além da multa, a jornalista foi brevemente detida pelas autoridades de Moscou. O método de repressão está sendo usado por todo o país desde o início do conflito.

Jornalista leva multa na Rússia por se manifestar contra a guerra na Ucrânia.
Marina Ovsiannikova ficou internacionalmente conhecida por protestar invadindo programa ao vivo (Créditos: Reprodução)

O Tribunal de Moscou decidiu, nesta quinta-feira (28), por aplicar uma multa à jornalista Marina Ovsiannikova por ter chamado a invasão da Rússia na Ucrânia de ‘crime’ durante uma entrevista. A intimação veio no valor de 50.000 rublos, equivalente a 800 euros.

Publicidade

A jornalista já havia se envolvido em problemas com as autoridades de seu país e teve que pagar uma multa por isso em março, quando invadiu a transmissão ao vivo de um programa de notícias segurando um cartaz criticando a invasão da Rússia.

Publicidade

Dessa vez, Ovsiannikova está sofrendo repressões por parte do governo por conta de um episódio envolvendo uma entrevista com o opositor preso Ilya Yashin, gravada no início deste mês. Durante a conversa, a jornalista teria chamado a ação russa na Ucrânia de ‘crime.’

Ovsiannikova, nos dois casos, foi detida em Moscou e teve que pagar uma multa como pena por ‘desacreditar’ das forças armadas russas.

Publicidade