Ministro das Relações Exteriores da Rússia diz que ‘há esperança de acordo’

A declaração foi dada nesta quarta-feira (16). Os países devem seguir com as negociações ao longo do dia

ministro-das-relacoes-exteriores-da-russia-diz-que-ha-esperança-de-acordo
Ministro das Relações Exteriores da Rússia (Créditos: Drew Angerer/Getty Images)

Sergei Lavrov, Ministro das Relações Exteriores da Rússia, diz que há esperança de acordo com a Ucrânia, ainda que as negociações não sejam fáceis. A declaração foi dada nesta quarta-feira (16). Os países devem seguir com as negociações ao longo do dia.

Publicidade

“Sou guiado pelas avaliações dadas por nossos negociadores. Eles dizem que as negociações não são fáceis por razões óbvias e estão lentas. Mas, no entanto, há alguma esperança de chegar a um acordo”, disse ele em entrevista à agência de notícias RBC.

De acordo com o portal G1, o ministro declarou também que questões como o uso da língua russa na Ucrânia e a liberdade de expressão são temas discutidos nas negociações de acordo de paz. Ainda, fez uma crítica aos Estados Unidos, afirmando que o país não tem interesse em resolver o conflito da Ucrânia.  

Entenda o conflito

Desde a quinta-feira, 24 de fevereiro, Vladimir Putin deu início ao conflito contra a Ucrânia ao bombardear regiões do país. A invasão contou com domínios por terra, mar e ar, após autorização do presidente russo.

Vladimir Putin não aceita que a Ucrânia faça parte da OTAN, uma aliança criada pelos Estados Unidos. O presidente não deseja que uma base inimiga seja estabelecida próxima a seu território, uma vez que a Ucrânia faz fronteira com a Rússia. Esse foi um dos estopins para que Putin iniciasse os ataques.

Publicidade