Rússia x Ucrânia

Papa Francisco critica ações russas na Ucrânia

Papa Francisco está surpreso com tanta coragem vinda dos ucranianos. “Isso é o que nos move: ver tamanho heroísmo”, afirma ele.

Papa Francisco critica ações russas na Ucrânia
Papa Francisco se mostrou surpreso com o “heroísmo do povo ucraniano” (Crédito: Matt Campbell/Lusa)

O Papa Francisco voltou a criticar o posicionamento da Rússia em relação à Ucrânia, dizendo que suas tropas foram “cruéis e brutais”. O Papa acredita que a invasão violou o direito de um país à autodeterminação. Além disso, elogiou a coragem dos ucranianos por continuarem lutando pela sobrevivência.  

Publicidade

Em conversa com editores da mídia jesuíta, o papa declarou que: “também é verdade que os russos pensaram que tudo terminaria em uma semana. Mas eles calcularam mal. Encontraram um povo corajoso, um povo que luta para sobreviver e que tem um histórico de luta”.  

Papa Francisco se mostrou surpreso com o “heroísmo do povo ucraniano“.  “Isso é o que nos move: ver tamanho heroísmo”, disse ele. “O que está diante de nossos olhos é uma situação de guerra mundial, interesses globais, venda de armas e apropriação geopolítica, que é martirizar um povo heróico”, afirmou. Em uma mensagem para o próximo Dia Mundial dos Pobres da Igreja Católica Romana, Francisco lamentou que a Ucrânia tenha virado um alvo de guerras regionais.

“O pensamento do povo da Ucrânia, afligido pela guerra, permanece vivo em meu coração. Que a passagem do tempo não amenize nossa dor e preocupação por essa população sofredora. Por favor, não nos acostumemos com esta trágica situação! Vamos#Rezarjuntos.



Publicidade