negociações de paz

Zelensky diz que ‘Ucrânia precisa enfrentar a realidade’ e conversar com Putin

Contudo, Zelensky disse que o povo ucraniano ”não esta ansioso” para falar com Putin.

zelensky-diz-que-ucrania-precisa-enfrentar-a-realidade-e-conversar-com-putin
O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, discursa no Festival de Cannes em 17/5/2022 (Crédito: Andreas Rentz/Getty Images)

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, disse nesta sexta-feira (27) que a Ucrânia não está ansiosa para conversar com Vladimir Putin, mas que precisa encarar a realidade de que isso provavelmente será necessário para acabar com a guerra.

Publicidade

“Há coisas para discutir com o líder russo. Não estou dizendo que nosso povo está ansioso para falar com ele, mas temos que enfrentar a realidade do que estamos vivendo”. 

“O que queremos desta reunião é nossas vidas de volta. Queremos recuperar a vida de um país soberano dentro de seu próprio território”, acrescentou o líder ucraniano.

Contudo, o Kremlin acusa o governo ucraniano de travar as negociações e darem declarações contraditórias sobre um possível acordo de paz. “Em geral, a liderança da Ucrânia constantemente faz declarações que se contradizem. Isso não nos permite entender completamente o que o lado ucraniano quer”, disse o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov.

Ucrânia divulga vídeo de “drone kamikaze” atingindo tanque russo

O exército ucraniano divulgou nesta semana um vídeo que mostra um “drone kamikaze” em ação no conflito com a Rússia. Na filmagem, o veículo aéreo não tripulado (VANT) vai em direção a um tanque russo, atingindo o blindado e os soldados sentados em cima deste.

Publicidade

“O drone kamikaze moderno equipado com poderosos explosivos voa diretamente em direção ao tanque, causando perdas irreparáveis ao adversário”, escreveram os militares ucranianos.

A ação é filmada pela câmera do próprio VANT, controlado à distância pelas forças da Ucrânia. Segundo os ucranianos, o armamento foi doado por aliados internacionais. “É um bom exemplo de resultados positivos através da ajuda de parceiros estrangeiros”, afirmaram.

 

Publicidade