tensão na europa

Parlamento da Finlândia aprova entrada na Otan

188 parlamentares finlandeses votaram a favor da adesão ao bloco. Apenas 8 foram contrários.

parlamento-da-finlandia-aprova-entrada-na-otan
A primeira-ministra da Finlândia, Sanna Marin (Crédito: Sean Gallup/Getty Images)

O Parlamento da Finlândia aprovou nesta terça-feira (17) a entrada do país na Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte). O pedido, que foi feito pelo governo finlandês no último domingo (15), foi aprovado por maioria ampla, 188 votos a favor e apenas oito contra.

Publicidade

No mesmo dia, a ministra de Relações Exteriores da Suécia, Ann Linde, anunciou que assinou a carta oficial que o país entregará à Otan solicitando candidatura para entrar na aliança. “Nossa candidatura para a Otan está formalmente assinada”, declarou Linde em uma rede social. A ministra ainda afirmou que a Suécia vai entregar a carta junto com a Finlândia, o que deve acontece ainda esta semana.

Publicidade

Mesmo que Estados Unidos, Alemanha e França tenham manifestado seu apoio a adesão dos dois países nórdicos à Otan, o processo de entrada de Suécia e Finlândia pode ser travado pela Turquia, que também é membra do bloco militar.

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, disse na segunda-feira (16) que seu país não irá aprovar a entrada da Suécia e Finlândia na Otan —para que um novo integrante seja admitido é preciso que todos os atuais membros concordem com o ingresso do país requerente.

Encontro com Joe Biden

Ainda nesta terça-feira (17), a Casa Branca anunciou que a primeira-ministra da Suécia, Magdalena Andersson, e o presidente da Finlândia, Sauli Niinistö, farão uma reunião com o presidente dos EUA, Joe Biden, para falar sobre a candidatura dos dois países à Otan. O encontro ocorrerá na próxima quinta-feira (19).

Publicidade