tensão aumenta

Pela primeira vez, China dispara mísseis sobre Taiwan

A China já havia disparado mísseis nas águas ao redor de Taiwan nesta quinta-feira (4).

pela-primeira-vez-china-dispara-misseis-sobre-taiwan
As tensões aumentam cada vez mais (Créditos: Reprodução/ China Military)

A China afirmou que disparou mísseis sobre a ilha de Taiwan, pela primeira vez, nesta sexta-feira (5). Com isso, as tensões aumentam cada vez mais, sobretudo após a visita da presidente da Câmara dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, ao Japão.

Publicidade

Pelosi se encontou com Fumio Kishida, primeiro-ministro do Japão, na manhã desta sexta, com a atenção voltada para o Estreito de Taiwan, onde o exército chinês está realizando exercícios aéreos e marítimos, em resposta a visita de Pelosi a ilha de Taiwan.

A China já havia disparado mísseis nas águas ao redor de Taiwan, que  Partido Comunista Chinês considera parte de seu território. “Antecipamos que a China poderia tomar medidas como essa – na verdade, eu as descrevi com bastante detalhes no outro dia”, disse John Kirby, porta-voz do Conselho de Segurança Nacional dos EUA, a repórteres na Casa Branca na quinta-feira. “Também esperamos que essas ações continuem nos próximos dias”.

Além disso, Kirby acrescentou que um porta-aviões dos EUA permanecerá na área ao redor de Taiwan por mais alguns dias para “monitorar a situação”. Pelosi acusou a China de tentar “isolar Taiwan”. “Eles podem tentar impedir que Taiwan visite ou participe de outros lugares, mas não vão isolar a ilha impedindo-nos de viajar para lá”, disse ela.

Nesta quinta-feira (4),  o Ministério da Defesa do Japão afirmou que cinco mísseis balísticos tenham caído na Zona Econômica Exclusiva do Japão, incluindo os quatro que teriam sobrevoado Taiwan.

Publicidade

Publicidade