PIB dos EUA tem queda de 1,4%

O documento divulgado hoje (28), pela Bureau of Economic Analysis, surpreendeu analistas do mercado financeiro.

PIB dos EUA tem queda de 1,4%
Segundo especialistas, o Federal Reserve, Banco Central dos EUA (na foto), pretende aumentar a taxa de juros nas próximas reuniões (Crédito: Chip Somodevilla/Getty Images)

O PIB (Produto Interno Bruto) dos EUA teve uma queda de 1,4%, da taxa anualizada, no primeiro trimestre de 2022. A agência do governo estadunidense que fez os cálculos, a Bureau of Economic Analysis, divulgou nesta quinta-feira (28) um documento que surpreendeu especialistas do mercado financeiro, que esperavam uma alta por volta de 1%.

Publicidade

Como descrito no documento, a pandemia de Covid-19 foi a maior responsável pela queda do PIB dos EUA. Com a nova variante ômicron, o fechamento temporário de serviços aconteceu novamente, e isso impactou na produção e no consumo do país.

Publicidade

A segurada de gastos por parte do governo, a redução de vendas da indústria automobilística e a redução do número de exportações também são fatores determinantes para tamanha queda. Por outro lado, o consumo pessoal e os investimentos registraram alta. A expectativa é de que o PIB volte a crescer, moderadamente, no segundo trimestre de 2022.

Além do PIB existe também a inflação, que alcançou 8,5% até março de 2022. Maior alta desde 1981. O aumento dos preços prejudica muito o consumo. O Fed (Banco Central dos EUA) pretende elevar a taxa de juros em 0,5% para conter um pouco dessa escalada inflacionária.

 

Publicidade