Conflito Rússia x Ucrânia

Rússia confirma ter feito 315 ataques durante a última noite na Ucrânia

Os ataques ocorreram em regiões de Zaporizhzhia, Kharkiv, Donetsk, Dnipropetrovsk e também no porto de Mykolayv

russia-confirma-ter-feito-315-ataques-durante-a-ultima-noite-na-ucrania
Destruição em Kharkiv (Créditos: Chris McGrath/Getty Images)

Igor Konashenkov, porta-voz do Ministério da Defesa da Rússia, informou que o exército russo realizou 315 ataques a alvos militares durante a noite deste domingo (17). De acordo com Konashenkov, foram atacados 18 postos de comando, 22 sistemas de defesa aérea e 275 concentrações militares.

Publicidade

Os ataques ocorreram em regiões de Zaporizhzhia, Kharkiv, Donetsk, Dnipropetrovsk e também no porto de Mykolayv. Ainda, a Rússia lançou ataques contra 108 áreas onde disse que há blindados e forças ucranianas concentradas.

O Ministério da Defesa afirmou que em outras áreas, foram destruídos 12 drones e tanques de ataques ucranianos. Também afirmam ter utilizado mísseis Iskander para destruir quatro depósitos de armas e equipamentos nas regiões de Donetsk, Vinnytsia e Luhansk.

 

Entenda o conflito

Desde o dia 24 de fevereiro, Vladimir Putin deu início ao conflito contra a Ucrânia ao bombardear regiões do país. A invasão contou com domínios por terra, mar e ar, após autorização do presidente russo.

Publicidade
Vladimir Putin não aceita que a Ucrânia faça parte da OTAN, uma aliança criada pelos Estados Unidos. O presidente não deseja que uma base inimiga seja estabelecida próxima a seu território, uma vez que a Ucrânia faz fronteira com a Rússia. Esse foi um dos estopins para que Putin iniciasse os ataques.