sanções à Rússia

Starbucks deixa definitivamente a Rússia após 15 anos

A Starbucks tem 130 lojas no país e 2 mil funcionários.

starbucks-suspende-negocios-na-russia
(Crédito: Getty Images)

A Starbucks afirmou nesta segunda-feira (23) que deixará a Rússia depois de quase 15 anos, com a rede de café se juntando ao McDonald’s marcando o fim da presença de algumas das principais marcas ocidentais no país. Em março, após a invasão da Ucrânia por Moscou, a empresa já tinha fechado suas lojas e suspendido todas as atividades comerciais no país, incluindo o envio de seus produtos.

Publicidade

A Starbucks, com sede em Seattle, tem 130 lojas na Rússia, operadas por seu licenciado Alshaya Group, com quase 2 mil funcionários no país. A decisão da companhia de encerrar suas operações na Rússia é diferente da abordagem que algumas outras empresas estrangeiras adotaram.

A empresa, que abriu sua primeira loja na Rússia em 2007, disse que continuará apoiando seus funcionários lá, inclusive pagando-os por seis meses. Entretanto, a empresa não forneceu detalhes sobre o impacto financeiro da saída. O McDonald’s havia dito que receberia um encargo não monetário de até US$ 1,4 bilhão.

 

Publicidade