"PODEROSA ERUPÇÃO"

Vulcão na Rússia volta à atividade e pode entrar em erupção

O vulcão Shiveluch fica na península de Kamchatka, leste do país, e pode entrar em erupção depois de 15 anos.

vulcao-na-russia-volta-a-atividade-e-pode-entrar-em-erupcao
Erupção mais poderosa do vulcão Shiveluch foi em 2007 (Crédito: Reprodução)

Um vulcão na Rússia voltou à atividade na península de Kamchatka, leste do país, e pode entrar em erupção depois de 15 anos. Alexei Ozerov, diretor do Instituto de Vulcanologia e Sismologia do Extremo Oriente da Academia Russa de Ciências, afirmou no último domingo (20) que a cúpula do vulcão Shiveluch estava muito quente.

Publicidade

A península Kamchatka abriga 29 vulcões ativos, pertencente a um cinturão conhecido como “Anel de Fogo” que circunda o Oceano Pacífico. Em geral, os vulcões da península não representam um grande risco para a população local por serem cercados por florestas e áreas pouco povoadas. De acordo com cientistas, a magnitude desta erupção do vulcão na Rússia pode ser muito grande e chegar a expelir vidro, rocha e cinzas para o céu oferecendo risco às aeronaves.

O Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS) afirmou que esse tipo de erupção acontece três ou quatro vezes por ano em Kamchatka, o que faz com que o tráfego aéreo seja redefinido e redirecionado.

O vulcão

O vulcão Shiveluch tem um pico de 3.283 metros (10.771 pés), é um dos vulcões mais ativos da península de Kamchatka, com cerca de 60 erupções significativas nos últimos 10 mil anos.

Ameaças de uma “poderosa erupção” foram alertadas pela Equipe de Resposta a Erupções Vulcânicas de Kamchatka no domingo (20). A explosão foi marcada como nível “laranja” por representar risco aos voos internacionais.

Publicidade

A NASA afirma que erupção mais poderosa do vulcão Shiveluch foi em 2007.