Fale conosco

O que vc está procurando?

Esporte

Brasiliense vira sobre Atlético-GO e vai às semifinais da Copa Verde

brasiliense-vira-sobre-atletico-go-e-vai-as-semifinais-da-copa-verde

O Brasiliense está classificado às semifinais da edição 2020 da Copa Verde. Na tarde deste domingo (7), o Jacaré derrotou o Atlético-GO por 3 a 1, de virada, no estádio Boca do Jacaré, em Taguatinga (DF), com transmissão ao vivo da TV Brasil. No jogo de ida do confronto das quartas de final, realizado na última quinta-feira (4) na capital goiana, a equipe distrital havia vencido por 2 a 1.

Na semifinal, o Brasiliense terá pela frente quem avançar entre Cuiabá e Vila Nova. No primeiro duelo, disputado na última sexta-feira (5), na Arena Pantanal, também com transmissão da emissora da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), o Dourado venceu por 1 a 0. O jogo de volta será nesta segunda-feira (8), às 16h (horário de Brasília), no estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia. Vale lembrar que o campeão da Copa Verde, que reúne clubes do Norte, Centro-Oeste e Espírito Santo, ganha vaga direta à terceira fase da Copa do Brasil de 2021, o que garante uma premiação de R$ 1,5 milhão.

Envolvido simultaneamente com a reta final da Série A do Campeonato Brasileiro, onde disputa vaga na Copa Sul-Americana e, quem sabe, Libertadores, o Atlético vinha utilizando um time alternativo na Copa Verde, com reservas e atletas do sub-20. Não foi diferente neste domingo, menos de 24 horas após o empate por 1 a 1 com o Santos no estádio Antônio Accioly, em Goiânia. Cinco titulares contra o Brasiliense também atuaram diante do Peixe, entrando no segundo tempo: os zagueiros Gilvan e Oliveira e os atacantes Danilo Gomes, Vitor Leque e Chico.

Presentes no primeiro jogo, o lateral Arnaldo, o volante Pereira e o Meia Rithely, além de Vitor Leque, também estiveram em campo na derrota rubro-negra por 2 a 0 para o Red Bull Bragantino, um dia antes, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP). O Brasiliense chegou a acionar o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pedindo a eliminação do Dragão, por ter supostamente desrespeitado o artigo 25 do Regulamento Geral das Competições, sobre o intervalo mínimo de 66 horas na participação dos atletas entre uma partida e outra.

Tempos distintos

Os primeiros 45 minutos foram de domínio total do Atlético, que adiantou as linhas de marcação e sufocou o Brasiliense. Aos sete minutos, Chico bateu cruzado pela direita e o zagueiro Badhuga, em cima da linha e desatento, desviou para a própria rede. O goleiro Edmar Sucuri, em pelo menos três ocasiões, todas em finalizações de dentro da área, evitou que o Rubro-Negro ampliasse. Aos 30, na sequência de uma dividida, o lateral Peu e o meia Ronald discutiram e foram expulsos. Envolvido pelo adversário, o Jacaré exagerou no jogo aéreo e pouco assustou a meta goiana.

Só que o Brasiliense voltou completamente reorganizado após o intervalo e soube aproveitar o desgaste do Atlético. Aos 12 minutos, o atacante Zé Love cobrou falta da intermediária e mandou no ângulo direito. Um golaço. Aos 22 minutos, o meia Tobinha – que havia acabado de entrar – recebeu na direita, na área, e cruzou à meia altura para o também meia Luquinhas concluir de cabeça. O terceiro gol também começou nos pés de Tobinha. Desta vez pela esquerda, o camisa 22 tocou na área e o meia Sandy, outro a entrar em campo na etapa final, desviou para as redes.

Apesar de ficar fora da Copa Verde, o Atlético ainda tem a fase final do Campeonato Goiano (referente a 2020) para dividir atenções com o Brasileiro. Na quarta-feira (10), o Dragão recebe o Anápolis às 17h, em jogo único. Pela Série A, o próximo compromisso é no outro domingo (14), às 18h15, diante do Athletico-PR, na Arena da Baixada, em Curitiba, pela 36ª rodada.

O Brasiliense, por sua vez, aguarda a definição do próximo adversário na Copa Verde. A previsão é que o primeiro jogo da semifinal seja no próximo sábado (13) e o da volta ocorra uma semana depois. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) ainda definirá datas e horários dos próximos compromissos da competição regional.

Veja a tabela da Copa Verde.

Agência Brasil