99,99% das urnas apuradas

Saiba qual pesquisa eleitoral mais errou os resultados das urnas

Diferença entre Lula e Bolsonaro foi de pouco mais de 5 pontos percentuais, bem inferior à prevista pelos institutos.

(Crédito: Rovena Rosa/ Tomaz Silva/ Agência Brasil)

Em uma eleição que irá entrar para a história, nem mesmo as pesquisas eleitorais dos institutos mais tradicionais foram capazes de se aproximar dos resultados das urnas no primeiro turno, que aconteceu neste domingo (02). Com 99,99% das urnas apuradas, a disputa para presidente da república foi para segundo turno. O candidato Luis Inácio Lula da Silva (PT) recebeu 48,43% dos votos válidos, contra 43,20% de Jair Bolsonaro (PL).

Publicidade

A pesquisa eleitoral que mais errou o resultado deste primeiro turno foi o Ipec, que indicou, um dia antes do primeiro turno, Lula com 51% dos votos e Bolsonaro com 37%. O levantamento tinha uma margem de erro de dois pontos percentuais. Porém, mesmo considerando esta margem de erro, o instituto errou, especialmente em relação aos votos para Bolsonaro. Lula também recebeu bem menos votos do que a pesquisa apontava.

Publicidade

Por outro lado, o Paraná Pesquisa conseguiu ganhar ainda mais credibilidade. O instituto foi o que mais chegou perto do resultado oficial deste primeiro turno, indicando no seu último levantamento, divulgado na sexta-feira (30), Lula com 47,1% e Bolsonaro com 40%. Ou seja, a pesquisa acertou a porcentagem de Lula dentro da margem de erro, e errou por muito pouco a de Bolsonaro.