PATRIMÔNIO

Lula declara patrimônio de mais de R$7 milhões ao TSE

O petista tem R$5,5 milhões investidos numa previdência privada. Seu patrimônio reduziu em R$1 milhão desde 2018.

Essa é a primeira declaração de patrimônio de Lula ao TSE desde 2018 (Créditos: Pedro Vilela/Getty Images)

O candidato à presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT) declarou neste domingo (7) seu patrimônio de R$7,4 milhões ao TSE. Geraldo Alckmin (PSB) declarou R$1 milhão.

Publicidade

O maior pedaço do valor acumulado pelo petista vem de sua previdência privada (VGBL), onde ele aplicou R$5,5 milhões. Lula também apresentou um patrimônio de três apartamentos, três terrenos e dois automóveis.

  • Apartamento: R$ 19.167,34
  • Apartamento: R$ 94.571,25
  • Apartamento: R$ 19.167,34
  • Terreno: R$ 130.000,00
  • Terreno: R$ 265.000,00
  • Terreno: R$ 2.733,45
  • Veículo automotor terrestre (caminhão, automóvel, moto etc.): R$ 48.475,00
  • Veículo automotor terrestre (caminhão, automóvel, moto etc.): R$ 85.000,00

O patrimônio do político foi reduzido desde a última vez que o apresentou ao TSE, em 2018, quando Lula acumulava quase R$8 milhões. Corrigindo o valor daquele ano para a inflação de agora, o patrimônio teria um valor equivalente à R$10 milhões.

Já o seu candidato à vice, Geraldo Alckmin, apresentou um valor sete vezes menor, do qual a maior parcela vem de um apartamento de R$314.863,23.

  • Apartamento: R$ 314.863,23
  • Casa: R$ 52.822,98
  • Terreno: R$ 110.959,51
  • Terreno: R$ 30.091,04

Publicidade