Na Contramão

‘PL confia na urna eletrônica’, diz vice-presidente do partido de Bolsonaro

A reunião entre Fachin, Costa Neto e Capitão Augusto aconteceu enquanto Bolsonaro participava da convenção nacional do PP, na Câmara dos Deputados.

'PL confia na urna eletrônica', diz vice-presidente do partido de Bolsonaro
A fala do deputado vai na contramão das suspeitas levantadas pelo presidente Jair Bolsonaro (Crédito: Buda Mendes/Getty Images)

O deputado estadual Capitão Augusto (PL-SP), vice-presidente do PL, partido do presidente Jair Bolsonaro (PL), afirmou que seu partido confia na urna eletrônica. A declaração foi dada em entrevista ao canal Globo News nesta quarta-feira (27).

Publicidade

Capitão Augusto participou de uma reunião com o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Edson Fachin, ao lado do ex-deputado e presidente do Partido Liberal, Valdemar Costa Neto.

O deputado Capitão Augusto disse que o posicionamento do PL em relação às urnas eletrônicas foi transmitido para Fachin, alvo constante de ataques feitos por Bolsonaro. O chefe do Executivo brasileiro, desde o período da pré-campanha, repete o discurso em que levanta suspeitas sobre o processo eleitoral do Brasil.

De acordo com Capitão Augusto, a eleição será feita com “lisura e transparência”:

“Falamos que o objetivo não é nenhum tipo de interferência ou fiscalização em cima do TSE. O próprio TSE convida os partidos para participarem, mas normalmente eles não participam. [O PL quer participar] com o intuito de colaborar, de ajudar. Não é para questionar, atrapalhar, fazer auditoria ou intervir, nada disso. O PL confia na urna eletrônica, e o resultado das urnas será respeitado”, declarou o deputado.

Publicidade

A reunião entre Fachin, Costa Neto e Capitão Augusto aconteceu enquanto Bolsonaro participava da convenção nacional do PP, na Câmara dos Deputados, que declarou apoio à sua campanha de reeleição.