constrangimento

Quem é Cesar Maia, vereador que viralizou ao aparecer em vaso sanitário durante reunião?

Durante a transmissão, o vereador Pablo Mello (Republicanos), que conduzia a sessão, pediu a Maia que desligasse a câmera

O vereador Cesar Maia (PSD) causou surpresa ao aparecer em uma reunião virtual da Câmara Municipal do Rio de Janeiro sem calças, aparentemente sentado em um vaso sanitário.
Ele é reconhecido como o prefeito que mais tempo permaneceu no cargo no Rio de Janeiro – Créditos: CMRJ

O vereador Cesar Maia (PSD) causou surpresa ao aparecer em uma reunião virtual da Câmara Municipal do Rio de Janeiro sem calças, aparentemente sentado em um vaso sanitário. A sessão, realizada na quarta-feira (5), discutia um projeto de lei sobre o Mirante da Rocinha.

Publicidade

Durante a transmissão, o vereador Pablo Mello (Republicanos), que conduzia a sessão, pediu a Maia que desligasse a câmera. “Senhor vereador Cesar Maia, peço que o senhor desligue a câmera, por favor”, solicitou Mello. Maia, ao perceber a situação, ajustou o ângulo do vídeo.

Os parlamentares estavam votando um projeto de lei que declara o Mirante da Rocinha, localizado na Estrada da Gávea, como Patrimônio Cultural de Natureza Material da Cidade do Rio de Janeiro. O incidente com Cesar Maia não interrompeu a votação, mas gerou repercussão.

Justificativa da assessoria

Em declaração ao jornal O Globo, a assessoria de Cesar Maia informou que o vereador sofreu uma “indisposição repentina”, mas “se manteve na sessão”. A Câmara Municipal não se pronunciou até a publicação desta matéria.

“Cesar Maia estava presente na sessão plenária, como em todas, e teve uma indisposição repentina, mas se manteve na sessão. O mal-estar súbito acabou prejudicando sua percepção da câmera aberta, se ateve somente em manter sua atenção ao trabalho”, explicou a assessoria.

Publicidade

Trajetória de Cesar Maia

Cesar Maia está em seu terceiro mandato como vereador e é reconhecido como o prefeito que mais tempo permaneceu no cargo no Rio de Janeiro, totalizando 12 anos após vencer as eleições municipais em 1992, 2000 e 2004.

Nascido no Rio de Janeiro, Maia iniciou sua graduação em Engenharia na Universidade Federal de Ouro Preto na década de 1960. Foi preso durante a ditadura militar e exilou-se no Chile, onde conheceu sua esposa e se formou em Economia na Universidade do Chile, junto com o ex-governador José Serra (PSDB).

Após retornar ao Brasil em 1973 e ser preso no aeroporto, Maia foi liberado após três meses devido à falta de provas. Iniciou sua carreira política em 1981, filiado ao PDT de Leonel Brizola. Após a vitória de Brizola, Maia atuou como secretário da Fazenda e presidente do Banco do Estado do Rio de Janeiro.

Publicidade

Eleito deputado federal em 1986, foi reeleito em 1990. Em 1992, assumiu a prefeitura do Rio de Janeiro, onde implementou projetos como Rio-Cidade, Favela-Bairro e a Linha Amarela. Em 2000, voltou à prefeitura pelo PTB, criando a Cidade do Samba, Vilas Olímpicas, o Museu Cósmico e o Estádio Nilton Santos.

Maia também construiu o Velódromo Municipal e a Cidade das Artes, focando nos Jogos Pan-Americanos de 2007. Após o terceiro mandato, tentou se eleger senador em 2010, sem sucesso. Em 2013, foi eleito vereador, cargo que ocupa atualmente.

Cesar Maia é primo de José Agripino Maia, senador e ex-governador do Rio Grande do Norte, e pai de Rodrigo Maia, que ocupou a presidência da Câmara dos Deputados por mais tempo desde a redemocratização.

Publicidade

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber grátis o Menu Executivo Perfil Brasil, com todo conteúdo, análises e a cobertura mais completa.

Grátis em sua caixa de entrada. Pode cancelar quando quiser.