estratégia eleitoral

Relator da ‘PEC Kamikaze’ atende pedido do governo e mantém texto sem alterações

A proposta aumenta o valor do Auxílio Brasil (de R$ 400 para R$ 600), dobra o valor do Vale-gás e cria um auxílio de R$ 1 mil específico para caminhoneiros.

relator-da-pec-kamikaze-atende-pedido-do-governo-e-mantem-texto-sem-alteracoes
O deputado e relator da PEC, Danilo Forte (Créditos: Paulo Sérgio/Câmara dos Deputados)

O deputado Danilo Forte (União-CE), relator da ‘PEC Kamikaze’, que concede uma série de benefícios sociais em ano eleitoral, afirmou nesta terça-feira (5) vai manter o texto aprovado no Senado para agilizar o pagamento dos auxílios previsto no texto.

Publicidade

A proposta, que foi elaborada três meses antes das eleições, aumenta o valor do Auxílio Brasil (de R$ 400 para R$ 600), dobra o valor do Vale-gás e cria um auxílio de R$ 1 mil específico para caminhoneiros. Em todos os casos, os benefícios acabam em dezembro deste ano.

A decisão favorece o presidente Jair Bolsonaro (PL) e atende o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL). A ideia é usar a matéria para alavancar a popularidade do presidente às vésperas da eleição. Uma mudança no texto obrigaria que a proposta voltasse ao Senado, atrasando o pagamento dos benefícios.

“Nós temos a pressão do cronograma de trabalho, pelo calendário da Câmara, que tem que se encerrar tudo até 15 de julho. E temos a demanda e a necessidade da população faminta, que está precisando do Auxílio Emergencial e do vale-gás e que tem a pressão de comoção social. Diante desses dois fatos, mexer no texto cria mais dificuldade”, afirmou o relator.

 

Publicidade