Bolsonaro se filia ao PL após passar dois anos sem partido

O PL é a nona legenda da carreira política, de 33 anos, de Jair Bolsonaro

Bolsonaro se filia ao PL após passar dois anos sem partido
Presidente da República Jair Bolsonaro (Crédito: Andressa Anholete/ Getty Images)

O presidente Jair Bolsonaro se filiou na manhã desta terça-feira (30) ao Partido Liberal (PL). A cerimônia de filiação, que aconteceu na sede do partido em Brasília, contou com a presença do presidente da sigla, Valdemar Costa Neto, e de integrantes do governo.

Publicidade

Antes de se filiar ao PL, Bolsonaro pertencia ao PSL, partido pelo qual foi eleito presidente da República em 2018. Em 2019, ele deixou a sigla, em meio a divergências com a cúpula. Na ocasião, chegou a articular a criação de um novo partido, a Aliança Pelo Brasil, que não passou da fase de coleta de assinaturas.

O PL será o nono partido da carreira política de Bolsonaro. Em três décadas, o atual presidente passou por PDC, PPR, PPB, PTB, PFL, PP, PSC e PSL.

Durante o discurso de filiação, Bolsonaro acenou para os parlamentares do PL e de outros partidos com representantes no evento. Assim como o PL, as outras siglas citadas por Bolsonaro são parte do “Centrão”, bancada informal no Congresso com a qual o governo se aliou desde o ano passado e abriga partidos e centro-direita.

“Estou me sentindo aqui em casa, dentro do Congresso Nacional, aquele plenário da Câmara, tendo em vista a quantidade de parlamentares aqui presentes. Me trazem lembranças agradáveis, lembranças de luta, acima de tudo, momentos em que nós, juntos, fizemos pelo nosso país. Eu venho do meio de vocês. Venho de 28 anos na Câmara”, afirmou o presidente.

Publicidade

Oficialmente, a pré-candidatura de Bolsonaro ainda não foi lançada. Ele fez questão de ressaltar que o evento desta terça era exclusivamente um ato de filiação.

Publicidade