Prazo Esgotado

Justiça de SP decreta prisão de Thiago Brennand após ele não se apresentar

O empresário foi para os Emirados Árabes em setembro e ainda não retornou.

Justiça de SP decreta prisão de Thiago Brennand após ele não se apresentar
Thiago Brennand Vieira (Crédito: Reprodução/Instagram)

O Ministério Público (MP) pediu à Justiça de São Paulo a prisão preventiva de Thiago Brennand Fernandes Vieira após o empresário de 42 anos não se apresentar à Justiça na última sexta-feira (23), como estava determinado. A confirmação da aceitação do pedido pela Justiça foi confirmada pelo G1 nesta terça-feira (27).

Publicidade

Além da prisão preventiva, a Justiça de São Paulo também determinou que a Polícia Federal inclua o nome do empresário na lista de Difusão Vermelha da Interpol, que é uma lista de procurados da polícia internacional.

Thiago Brennand supostamente está nos Emirados Árabes, para onde viajou em setembro. A Justiça paulista havia dado um prazo de 10 dias para que o réu, por lesão corporal e corrupção de menores, retornasse ao Brasil e entregasse o seu passaporte. Este prazo terminou na sexta (23).

Entretanto, mesmo que retorne ao Brasil, Thiago não poderá ser preso entre esta terça e a próxima (4) por conta do período eleitoral.

A promotoria do Tribunal de Justiça de São Paulo acusa o empresário de agredir uma modelo em uma academia da capital e ainda incentivar o filho dele, menor de idade, a ofendê-la. Já a defesa de Thiago Brennand havia dito na época que seu cliente retornaria ao Brasil no dia 18 de outubro e não deu mais declarações sobre o caso.

Publicidade

Publicidade