Operação Ronda Agro

Operação apreende 6,8 toneladas em produtos agropecuários irregulares

Apreensão deixou prejuízo de R$ 506,5 mil aos vendedores.

material apreendido era importado de forma clandestina do Paraguai e da Argentina (Créditos: Divulgação/Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento)

Mais de 6,8 toneladas de produtos agropecuários que estavam sendo vendidos de forma clandestina ou irregular em estabelecimentos atacadistas ou distribuidores nos estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul foram apreendidos na Operação Ronda Agro XXIV do Programa de Vigilância em Defesa Agropecuária para Fronteiras Internacionais (Vigifronteira).

Publicidade

A operação foi realizada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, em conjunto com a Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal do Mato Grosso do Sul (Iagro), a Receita Federal do Brasil (RFB), a Polícia Militar do Estado de São Paulo (PMSP) e o Departamento de Operações de Fronteira do Estado do Mato Grosso do Sul (DOF).

No Mato Groso do Sul, a fiscalização ocorreu em dois estabelecimentos atacadistas, onde foram apreendidos 4.470 kg de queijos; 2.700 unidades de ovos; 83 litros de leite; 4 kg de frango congelado; 32 kg de apresuntado; 18 kg de bacon; 15 kg de calabresa; 52 kg de requeijão e 17 kg de bebidas lácteas.

No estado de São Paulo foram fiscalizados dois estabelecimentos de distribuição de produtos de origem animal, sendo apreendidos 2.274,83 quilos de produtos cárneos impróprios para alimentação humana.

Segundo o ministério, esse material apreendido era importado de forma clandestina do Paraguai e da Argentina. Com a operação, o prejuízo aos vendedores foi estimado em R$ 506,5 mil.

Publicidade

Durante a operação, uma pessoa foi presa em flagrante pelo crime de contrabando. Também foram lavrados um auto de infração, dois termos de apreensão e um termo de condenação.