Jogos de Azar

Operação prende filho de Rogério de Andrade em Petrópolis

Gustavo de Andrade estava foragido desde a Operação Calígula, deflagrada em maio deste ano.

Operação prende filho de Rogério de Andrade em Petrópolis
Rogério de Andrade (esq.) e seu filho, Gustavo de Andrade (Crédito: Reprodução/Twitter)

Uma operação da Polícia Federal e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), prendeu nesta quinta-feira (4) Gustavo de Andrade, filho do contraventor Rogério de Andrade.

Publicidade

Segundo o MPRJ, Gustavo e o pai estavam juntos em uma casa no Condomínio Vale do Sossego, em Itaipava, bairro nobre de Petrópolis, na Região Serrana do Rio.

Gustavo de Andrade estava foragido desde a Operação Calígula, deflagrada em maio deste ano. Procurada pela Agência Brasil, a defesa do acusado afirmou que a prisão é ilegal e será combatida nos tribunais.

Ordem de prisão

A promotoria também chegou a obter uma ordem de prisão contra Rogério de Andrade na 1ª Vara Criminal Especializada do Tribunal de Justiça do Rio, mas a decisão foi revogada na última segunda-feira (1º) pelo ministro do Supremo Tribunal Federal, Nunes Marques, que deferiu medida cautelar pedida pela defesa.

O MPRJ afirma que Rogério de Andrade e Gustavo de Andrade comandam uma estrutura criminosa organizada voltada à exploração de jogos de azar não apenas no Rio de Janeiro, mas em diversos outros estados.

Publicidade

Segundo a promotoria, as atividades do grupo se baseariam na corrupção de agentes públicos e no emprego de violência contra concorrentes e desafetos, sendo a organização criminosa suspeita da prática de homicídios.